Mostrar mensagens com a etiqueta futebol na margem sul. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta futebol na margem sul. Mostrar todas as mensagens

sábado, 12 de outubro de 2019

Os recordes da I Distrital da AF Setúbal no século XXI

I Distrital da AF Setúbal em 2019-20 arranca a 13 de outubro
Mais e menos pontos, golos marcados, golos sofridos, vitórias derrotas e empates. Em quase duas décadas de século XXI, vários clubes entraram para a I Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal pelos melhores e pelos piores motivos. Um foi campeão invicto, cinco não foram além de uma vitória no campeonato. E o que detém o recorde de mais golos sofridos e mais derrotas numa só época não foi despromovido.

domingo, 29 de setembro de 2019

Carlos Vinicius saltou do banco para quebrar a resistência sadina

Carlos Vinicius em disputa de bola com José Semedo
O Benfica somou este sábado a quarta vitória consecutiva para o campeonato, mas teve de suar para levar de vencida um Vitória de Setúbal (1-0) que durante pouco mais de uma hora conseguiu levar avante a sua estratégia no Estádio da Luz.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Os 10 jogos mais marcantes de sempre no Estádio do Bonfim

Estádio do Bonfim é a casa do Vitória Futebol Clube

Inaugurado a 16 de setembro de 1962, o Estádio do Bonfim sucedeu ao antigo Campo dos Arcos como casa do Vitória Futebol Clube. Situado no centro de Setúbal, junto ao Parque do Bonfim, o palco sadino já recebeu públicos de mais de 30 mil pessoas, mas atualmente está homologado com uma capacidade total para 15.497 espetadores.

sábado, 14 de setembro de 2019

"O futebol e o desporto não estão preparados para lidar com a homossexualidade" - Edinho

Aos 37 anos, Edinho está de regresso ao concelho de Almada

Nasceu há 37 anos em Aveiro, mas foi em Almada que começou a jogar futebol e iniciou um percurso desde os distritais à seleção nacional, pela qual jogou ao lado de Cristiano Ronaldo. Agora está de regresso ao concelho onde tudo começou para vestir as cores do Cova da Piedade.

terça-feira, 10 de setembro de 2019

O Ghilas que vimos há uns anos daria bastante jeito ao Vitória FC

Nabil Ghilas assinou por duas épocas pelo Vitória de Setúbal
Já o mercado de transferências tinha fechado há vários dias quando o Vitória de Setúbal anunciou a contratação do avançado argelino Nabil Ghilas, que em Portugal passou por Moreirense e FC Porto. Se será um reforço de peso ou apenas um nome sonante no plantel sadino, só o tempo o dirá, mas uma coisa é certa: o Ghilas que vimos há uns anos no nosso país e em Espanha daria bastante jeito à formação orientada por Sandro Mendes.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Tomara o Vitória FC ter mais como Éber Bessa

Éber Bessa está no Vitória de Setúbal desde o verão de 2018
Num Vitória de Setúbal com algum défice de qualidade individual e vários problemas coletivos, nomeadamente nos momentos ofensivos, tem sobressaído Éber Bessa, versátil e baixinho (1, 66 m) médio brasileiro de 27 anos.

sábado, 24 de agosto de 2019

Este já é o segundo pior arranque goleador do Vitória FC na I Divisão

Vitória de Setúbal não faturou nas quatro primeiras jornadas
Quatro jogos, dois deles no Bonfim com adversários diretos na luta pela permanência, e nem um golo para amostra. Nem a Tondela, nem a FC Porto nem a Moreirense nem a Moreirense. Na melhor das hipóteses, caso o Vitória de Setúbal marque logo no primeiro minuto na receção da próxima sexta-feira ao Sp. Braga, seriam 361 minutos antes de chegar o primeiro golo no campeonato, o que já é o segundo pior arranque goleador de sempre dos sadinos na I Divisão.


quinta-feira, 22 de agosto de 2019

A minha primeira memória de… um jogo entre Vitória FC e Moreirense

Sadino Meyong acompanhado de perto pelo minhoto Jorge Duarte
Vitória de Setúbal e Moreirense já se tinham defrontado por três vezes na I Liga desde que acompanho futebol, mas o primeiro duelo entre ambas as equipas de que tenho memória remonta a 19 de fevereiro de 2005, na 22.ª jornada do campeonato. E lembro-me particularmente deste jogo porque o assisti ao vivo no Bonfim, numa tarde agradável de inverno.

domingo, 18 de agosto de 2019

Da Ilha do Fogo veio a chama que iluminou o caminho ao dragão

Zé Luís, autor de um hat trick, em noite inspirada no Dragão
A necessitar urgentemente de reacender a chama para iluminar o caminho ao dragão após a eliminação na Liga dos Campeões e a derrota em Barcelos no arranque do campeonato, quis o destino que a principal figura do FC Porto fosse natural da cabo-verdiana Ilha do Fogo. Coube a Zé Luís, uma das três novidades no onze portista a par de Uribe e Romário Baró, dar não só um grande pontapé como também duas valentes cabeçadas na crise a uma semana da importante visita à Luz.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

A minha primeira memória de… um jogo entre FC Porto e Vitória FC

Marco Tábuas, Postiga e Bruno Ribeiro num lance na área sadina
Comecei a acompanhar futebol em meados de 2000, já não a tempo de assistir a um jogo entre FC Porto e Vitória de Setúbal em 1999-00. Porém, também não tenho qualquer memória dos confrontos entre ambas as equipas em 2001-02 e 2002-03. Já vi e revi os resumos, mas não me recordo de nada. Assim sendo, a minha primeira memória de um duelo entre dragões e sadinos remonta a 29 de novembro de 2004, numa partida a contar para a 12.ª jornada do campeonato de 2004-04, uma temporada que deverá motivar saudades em cada vitoriano.

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

À espera da estreia. O colega de Ronaldo, o açoriano que volta a casa e o chileno com raça

João Serrão (Vitória), Nené (Santa Clara) e Ramírez (Belenenses)
O campeonato português arranca nesta sexta-feira, depois de quase três meses de pausa. E todos os anos a história repete-se. O mercado de transferências entra em movimento e há jogadores que deixam os clubes rumo a outras paragens e abrem portas a caras novas na I Liga, das mais variadas proveniências. Entre os que são promovidos à equipa principal, os que são transferidos de clube de um patamar inferior para um do primeiro escalão e os que chegam ou regressam a Portugal, há muitas histórias para contar. Em vésperas de mais um arranque de campeonato, o DN conta a história de três jovens que nesta temporada vão poder cumprir o sonho de uma vida: estrearem-se na I Liga.

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Os três argentinos que jogaram no Vitória FC antes de Mansilla

Apenas três jogadores argentinos vestiram a camisola do Vitória
Se há algo que o reforço sadino Brian Mansilla não se poderá queixar é de um legado pesado deixado por jogadores argentinos no Vitória de Setúbal. Em toda a história, foram apenas três e nem um deixou propriamente saudades. Para se ter a noção, o que teve mais sucesso não foi além de 20 jogos. Os outros não chegaram a atingir a dezena de partidas com a camisola verde e branca. Neste trio, não há uma única final para amostra e até há um que desceu de divisão.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Os 10 setubalenses com mais jogos pelo Vitória FC na I Divisão

Alguns dos setubalenses que fizeram história no Vitória FC
Se há coisa de que os vitorianos se orgulham é quando veem filhos da terra a vestir a camisola da equipa principal do clube. Foi com uma espinha dorsal formada por setubalenses que o Vitória viveu os seus momentos áureos nas décadas de 1960 e 1970. E também foi com vários sadinos na equipa que em 2004-05 os verde e brancos voltaram às grandes vitórias, com a conquista da Taça de Portugal.

A esmagadora maioria dos setubalenses que jogaram pela equipa principal do Vitória tiveram uma passagem efémera, mas também houve os que deixaram uma grande marca, ao ponto de, em alguns casos, terem feito praticamente toda a carreira no clube. Vale a pena recordar os dez setubalenses com mais jogos pelo Vitória na I Divisão.

terça-feira, 25 de junho de 2019

Guedes é melhor do que Cádiz. Resta saber como estará...

Atendendo à excelente imagem deixada há dois anos ao serviço do Rio Ave de Miguel Cardoso, Guedes foi um achado para o Vitória de Setúbal nesta janela do mercado de transferências. Diria até que, pelo que mostrou, é globalmente melhor do que o antecessor Jhonder Cádiz, que foi contratado pelo Benfica.

domingo, 23 de junho de 2019

Os 10 africanos com mais jogos pelo Vitória FC na I Divisão

Alguns dos africanos que fizeram história no Vitória de Setúbal
É impossível escrever a história do Vitória, nem que seja de forma muito resumida, sem incluir o nome de vários jogadores nascidos em África. Desde os que foram autênticos pilares das equipas dos tempos áureos, nas décadas de 1960 e 1970, ao herói da Taça de Portugal de 2004-05, passando pelo único futebolista vitoriano a vencer a Bola de Prata, histórico troféu oferecido todas as épocas ao melhor marcador da I Divisão - antes da introdução do troféu, Francisco Rodrigues foi o goleador-mor da prova em 1943-44 e 1944-45. Entre os que nasceram no continente negro mas se assumiram como portugueses e os que vestiram as cores de seleções africanas, vale a pena recordar os dez futebolistas africanos que mais vezes representaram os sadinos no primeiro escalão.

domingo, 16 de junho de 2019

Os 10 brasileiros com mais jogos pelo Vitória FC na I Divisão

Alguns dos brasileiros que fizeram história no Vitória de Setúbal
A história de brasileiros no Vitória de Setúbal é rica e longa. O pontapé de saída foi dado em 1959 pelo médio Sidney e o avançado Bira, ambos oriundos do Sp. Covilhã. Seguiu-se mais de uma centena de compatriotas, um lote que todas as épocas vão aumentando. Uns jogaram várias épocas no Bonfim, mas não conquistaram o estatuto de ídolo dos adeptos sadinos, outros estiveram menos tempo no clube, mas deixaram marca. Ainda assim, vale a pena recordar os dez futebolistas que mais vezes vestiram a mítica camisola verde e branca na I Divisão. 

sábado, 25 de maio de 2019

Lage pelos amigos. "Para o tirar do sério é preciso muito, mas se for preciso dá dois berros"

Bruno Lage homenageou Jaime Graça na festa do título
Bruno Lage reconhece que o passado é a chave do presente e não esquece quem lhe deu a mão. Assim que teve um microfone por perto após a conquista do 37.º título nacional do Benfica, no sábado, aproveitou para dedicá-lo ao mentor Jaime Graça, à família e a dois outros treinadores que fizeram parte do seu percurso: Carlos Carvalhal, de quem foi adjunto nas últimas épocas, e José Rocha, que o incorporou pela primeira vez numa equipa técnica e que gradualmente lhe foi atribuindo mais responsabilidades.

quarta-feira, 15 de maio de 2019

A segurança nas mãos de Makaridze

Giorgio Makaridze é 13 vezes internacional pela Geórgia
Desde a saída de Bruno Varela para o Benfica que o Vitória de Setúbal estava a sentir bastantes dificuldades em encontrar um guarda-redes que se afirmasse como titular e desde a saída de Diego que as bancadas do Bonfim não admiravam verdadeiramente um guardião.

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Sabe qual é o clube há mais tempo nos nacionais sem descer de divisão a seguir aos três grandes, Sp. Braga e Marítimo?

Equipa azul e branca esteve perto de subir à II Liga em 2005
Pergunta para queijinho: se retirarmos da equação os três grandes, Sp. Braga e Marítimo, qual é o clube que está há mais tempo nos campeonatos nacionais sem descer de divisão? Dou duas pistas: está no Campeonato de Portugal e saiu dos distritais em 1999. Ainda não chegou lá? Então cá vai outra: na última década esteve por duas vezes nos quartos-de-final da Taça de Portugal. Já tem uma vaga ideia? E se lhe disser que um dos treinadores portugueses mais bem-sucedidos da atualidade passou por lá?  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...