quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Os 10 jogadores com mais jogos pelo Pinhalnovense no Campeonato de Portugal

Dez jogadores que ficaram na história do Pinhalnovense
Fundado a 5 de agosto de 1948, fruto da fusão entre o União Foot-Ball Clube e o Sociedade Recreativa, Literária e Instrução Musical Pinhalnovense, o primeiro fundado em 1910 e a segunda em 1938, o Clube Desportivo Pinhalnovense milita desde 1999-00 nos campeonatos nacionais, sendo que desde 2013-14 que compete no Campeonato de Portugal.
 
Até então, era o União Foot-Ball Clube, impulsionado pelo apoio do proprietário agrícola Santos Jorge, que se dedicava ao desporto e ao futebol em particular, ainda que com um percurso irregular. A acumulação de dívida levou a que a que os seus dirigentes tivessem a ideia de se associar à Sociedade Recreativa, Literária e Instrução Musical Pinhalnovense, que gozava de saúde financeira e dispunha de uma boa sede, na Rua Gago Coutinho e Sacadura Cabral.

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

A minha primeira memória de… uma Volta a Portugal

Etapa da Volta a Portugal entre Palmela e Odivelas
A minha ligação ao ciclismo é familiar. O meu tio-avô Abilardo Lopes foi um ciclista importante no pelotão nacional durante a década de 1960, tendo representado clubes como Salgueiros e Costa do Sol, pelo que essa era, a seguir ao futebol, a modalidade mais seguida em minha casa. Desde sempre que tenho memória de o meu pai, seu sobrinho e afilhado, não perder uma etapa da Volta a Portugal e da Volta a França, que na altura eram transmitidas pelos canais da RTP em canal aberto.
 
No entanto, se me perguntarem qual foi efetivamente a primeira edição da Volta a Portugal de que tenho memória, digo que é a de 2000, pois recordo-me de Vítor Gamito ter sido o grande vencedor e de ter visto o pelotão ao vivo a meio de uma das etapas, numa zona mais rural do distrito de Setúbal. Com recurso à Internet, tudo me leva a crer que terá sido a etapa 2, uma tirada de 191 quilómetros que ligou Palmela a Odivelas a 25 de julho.

domingo, 1 de agosto de 2021

Os 10 jogadores com mais jogos pelo Águias de Camarate na II Divisão B

Águias de Camarate competiu na II Divisão B em 1999-00
Fundado a 1 de agosto de 1950 por um grupo de jovens da freguesia de Camarate que trabalhavam em várias fábricas de Sacavém e resolveram criar um clube para entrar em torneios que se realizavam na altura, o Grupo Desportivo Águias de Camarate viveu o ponto alto da sua história em 1999-00, quando participou na II Divisão B – Zona Centro.

Nessa temporada, os verde e brancos viram-se obrigados a jogar em casa emprestada, no campo do CAC da Pontinha, devido à obrigatoriedade de o terreno de jogo ser relvado natural ou sintético. 
 
Com equipamentos adquiridos ao Águias de Sacavém, o emblema do concelho de Loures tornou-se um clube bastante respeitado a nível distrital, tendo competido pela primeira vez nos campeonatos nacionais em 1980-81, quando participou na III Divisão – Série E.
 
Numa altura em que o Águias de Camarate está remetido para os campeonatos distritais da AF Lisboa desde 2003, estando a competir no segundo escalão lisboeta (Divisão de Honra), vale a pena recordar os dez futebolistas com mais jogos pelo clube na II Divisão B.

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Zé Pedro: “Quero muito escrever o meu nome na história do Belenenses”

Lateral esquerdo Zé Pedro é reforço do Belenenses
De regresso ao futebol português após dois anos nos Países Baixos, Zé Pedro confessa que já tinha vontade voltar a casa, mas que o convite do Belenenses lhe deu ainda mais força para concretizar essa intenção. Honrado por poder ajudar os azuis do Restelo a reerguerem-se na hierarquia nacional, frisa que quer muito escrever o seu nome na história do clube.
 
Em entrevista, o lateral esquerdo luso-angolano passa em revista uma carreira iniciada nas camadas jovens do União de Tires e que teve como pontos altos a subida do Real SC à II Liga em 2017 e os jogos que realizou no segundo escalão ao lado do agora avançado benfiquista Carlos Vinícius e recorda as abordagens não concretizadas para representar os Palancas Negras.
 

terça-feira, 27 de julho de 2021

Os 10 jogadores com mais jogos pelo Alcains na II Divisão B

Equipa do Alcains que disputou a II Divisão B em 1996-97
Fundado a 27 de julho de 1977, o Clube Desportivo de Alcains tem passado grande parte da sua existência nos campeonatos nacionais, tendo participado por 18 vezes na III Divisão, sete na II Divisão B e duas no Campeonato de Portugal.
 
Em 1995-96 alcançou a melhor classificação da sua história, o quinto lugar na II B – Zona Centro. Porém, sete anos depois obteve um titulo, o de campeão da III Divisão.
 
Em termos de futebol regional, a formação albicastrense sagrou-se campeã distrital da AF Castelo Branco por cinco ocasiões (1977-78, 1980-81, 1988-89, 2008-09 e 2017-18).
 
Vale por isso a pena recordar os dez jogadores com mais jogos pelo Alcains na II Divisão B.

domingo, 25 de julho de 2021

A WWE desistiu de AJ Styles ou estará a preparar um push para ele?

AJ Styles e Omos são campeões de tag team desde a WrestleMania
Apesar da falta de estrelas consolidadas no main-event dos shows da WWE, AJ Styles tem passado praticamente todo o período pandémico afastado das luzes da ribalta, algo estranho, uma vez que nos anos anteriores tinha sido uma das principais figuras da companhia.
 
Perante o afastamento de part-timers como Brock Lesnar e John Cena, os períodos de ausência de Daniel Bryan e Roman Reigns aquando da eclosão da pandemia e a despromoção de Seth Rollins ao mid-card, estiveram a lutar por títulos de topo figuras ainda com um histórico curto nessas andanças, como Drew McIntyre, Bobby Lashley, Dolph Ziggler, Bray Wyatt, Jey Uso e até o próprio Braun Strowman. Paralelamente, o Phenomenal One chegou a estar ausente de quatro pay-per-views consecutivos em 2020 (Backlash, Extreme Rules, SummerSlam e Payback).

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Os 10 jogadores portugueses com mais jogos na Liga Russa

Dez jogadores que atuaram no campeonato russo
Prestes a iniciar a sua 30.ª edição, a Liga Russa foi fundada em 1992, após a dissolução da União Soviética, disputada por 50 clubes e coroou seis como campeões: Spartak Moscovo (10), Zenit (sete), CSKA Moscovo (seis), Lokomotiv Moscovo (três), Rubin Kazan (dois) e Alania (um).
 
Para encontrar pela primeira vez a presença de um jogador português no campeonato russo é preciso recuar até 2000, quando o ponta de lança Filipe Azevedo reforçou o Lokomotiv.
 
No total, 25 futebolistas portugueses atuaram na Primeira Liga Russa e seis venceram a prova: Danny (três pelo Zenit), Neto, Fernando Meira e Bruno Alves (todos dois pelo Zenit) e Éder e Manuel Fernandes (ambos um pelo Lokomotiv Moscovo).
 
Vale por isso a pena recordar os 10 jogadores portugueses com mais jogos na Liga Russa.

quinta-feira, 22 de julho de 2021

A minha primeira memória de… uns Jogos Olímpicos

Obikwelu fez Portugal vibrar com a final dos 100 metros
Tenho uma muito vaga ideia dos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, mas os primeiros de que tenho verdadeiramente memória foram os de 2004, em Atenas, e nos quais Portugal arrecadou três medalhas.
 
Um dos principais motivos de interesses desses Jogos, para mim, foi a participação da equipa masculina de futebol. Afinal, eu tinha acompanhado o apuramento da seleção portuguesa, através do Campeonato da Europa de sub-21, e estava entusiasmado para ver um que um grupo de jogadores nos quais se incluíam Moreira, Raul Meireles, Bruno Alves, Ricardo Costa, Fernando Meira, Cristiano Ronaldo, Hugo Viana, Hugo Almeida, Carlos Martins, Jorge Ribeiro, Frechaut, Boa Morte, Bosingwa, Lourenço e Danny seria capaz de fazer. Ainda por cima, Portugal goleou o Paraguai por 5-0 no único encontro de preparação.

terça-feira, 20 de julho de 2021

Os internacionais AA por Portugal e Angola que jogaram no Torreense antes de Edinho e Mateus

Edinho e Mateus são reforços sonantes do Torreense para 2021-22
Depois de ter estado a um pequeno passo de subir à II Liga na época passada, o Torreense, que em 2021-22 será orientado por Daúto Faquirá, tem estado em destaque no mercado de transferências pela qualidade e pelo mediatismo das suas contratações. Por muito que quem esteja atento às divisões inferiores seja conhecedora da competência de jogadores como Diego Raposo e Mário Mendonça (ambos ex-Beira-Mar), João Lameira (ex-Real SC), Pedro Marques (ex-Paços de Ferreira), Yuran (ex-Estrela da Amadora), Guilherme Morais (ex-Leça), João Cardoso (ex-Sp. Covilhã), Midana Sambú (ex-Valadares Gaia) e Frédéric Maciel (ex-Lusitânia Lourosa), as aquisições mais mediáticas são as do internacional português Edinho e do internacional angolano Mateus.
 
Ainda que o centenário emblema de Torres Vedras contabilize apenas seis presenças na I Divisão (a última em 1991-92) e cinco na II Liga (a derradeira em 1997-98), já teve nas suas fileiras sete futebolistas que atingiram a seleção principal de Portugal e cinco que representaram os Palancas Negras.

segunda-feira, 19 de julho de 2021

sábado, 17 de julho de 2021

Os 10 melhores combates de sempre do Money in the Bank

Money in the Bank foi implementado em 2010
Implementado em 2010 como um pay-per-view em que acontecia pelo menos um Money in the Bank Ladder match, combate que anteriormente se disputava na WrestleMania, o Money in the Bank tornou-se num dos eventos mais aguardados do ano na WWE, não só porque define quem pode lutar por um título mundial a qualquer momento, mas também pelos sempre espetaculares combates de escadote.
 
Habitualmente realizado a meio do ano (em maio, junho ou julho), o PPV só não teve em duas das suas primeiras dez edições um Ladder match no main-event – em 2011 por uma boa razão, um combate classificado com cinco estrelas por Dave Meltzer, do Wrestling Observer Newsletter, algo que já não acontecia na WWE desde 1997.
 
Vale por isso a pena conhecer a nossa lista dos dez melhores combates de sempre do Money in the Bank, por ordem cronológica.

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Os 10 melhores combates de sempre do Slammiversary

Slammiversary teve primeira edição em 2002
Realizado anualmente em junho ou julho desde 2002, o Slammiversary é o pay-per-view que assinala o aniversário do Impact Wrestling (antiga TNA).
 
Altamente promovido durante as semanas que o antecedem, o PPV teve como main-event entre 2004 e 2010 um King of the Mountain match, um combate de escadote invertido, entre cinco lutadores, em que normalmente estava em jogo o NWA World Heavyweight Championship ou o seu sucessor, o TNA World Heavyweight Championship. Após alguns anos de hiato, o gimmick match regressou em 2015, mas não voltou a realizar-se.
 
Em 2018 o evento realizou-se pela primeira vez fora dos Estados Unidos, em Toronto, no Canadá.
 
Vale por isso a pena conhecer a nossa lista dos dez melhores combates de sempre do Slammiversary, por ordem cronológica.

quinta-feira, 15 de julho de 2021

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Os 10 jogadores com mais jogos pelo Arouca na I Liga

Dez jogadores que ficaram na história do Arouca
Fundado a 25 de dezembro de 1952 por Fernando Pinto Calçada, o Futebol Clube de Arouca é a filial nº 40 do FC Porto e viveu praticamente todo o seu primeiro meio século de existência nos campeonatos distritais da AF Aveiro, mas no início do século XXI protagonizou uma ascensão meteórica que o levou, no espaço de seis anos, dos distritais à I Liga.
 
Promovidos ao primeiro escalão em 2013, os arouquenses permaneceram quatro temporadas consecutivas entre os grandes, tendo obtido como a melhor classificação o 5.º lugar em 2015-16, o que lhe valeu o apuramento para a Liga Europa.
 
No entanto, na época seguinte os nortenhos desceram à II Liga, apesar de terem estado praticamente todo o campeonato acima da zona de despromoção.
 
Numa altura em que o Arouca está de regresso à I Liga, vale a pena recordar os dez jogadores com mais jogos pelo clube no patamar maior do futebol português.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...