domingo, 29 de julho de 2007

Jean-Luc Ettori

Apesar dos seus surpreendentes primórdios na equipa de França, mas criticado durante o Campeonato do Mundo em Espanha (1982), Jean-Luc não teve a carreira internacional que merecia.

Foi no Mónaco que impôs a sua incrível presença, a sua segurança de mãos e o seu talento de condutor de homens. Pôs fim à sua carreira depois de 602 jogos na I Divisão Francesa: um recorde!



DESHORS, Michel (1998) O Futebol – As Regras. A Técnica. A Prática. Lisboa, Editorial Estampa



domingo, 22 de julho de 2007

Emilio Butragueño

Marcador com um instinto inato para o golo, rápido e tenaz, Emilio merecia mesmo a sua alcunha: el buitre, o abutre.

Frequentemente isolado no ataque, ficava à espera da mínima ocasião. Até marcou quatro golos durante um só encontro contra a Dinamarca no Campeonato do Mundo de 1986.



DESHORS, Michel (1998) O Futebol – As Regras. A Técnica. A Prática. Lisboa, Editorial Estampa



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...