Mostrar mensagens com a etiqueta Palmeiras. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Palmeiras. Mostrar todas as mensagens

sábado, 3 de agosto de 2019

Os 10 clássicos mais marcantes entre Corinthians e Palmeiras

Palmeiras e Corinthians são rivais há mais de um século
Corinthians e Palmeiras protagonizam aquele que é considerado o clássico com mais tradição e de maior rivalidade na cidade de São Paulo, tendo sido batizado de O Derby. Rivais desde que se defrontaram pela primeira vez, a 6 de maio de 1917, representam muito mais de clubes de futebol. O Corinthians sempre foi associado às camadas mais populares da sociedade paulista, enquanto o Palmeiras, que até 1942 era denominado de Palestra Itália, representava a imensa comunidade italiana de São Paulo.

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Palmeiras 2018. A radiografia de um campeão

Palmeiras sagrou-se campeão com triunfo no terreno do Vasco
O Palmeiras sagrou-se campeão brasileiro pela décima vez, reconquistando o título dois anos depois, e não há como dissociar Luiz Felipe Scolari do feito. Bem pelo contrário. Felipão foi, muito provavelmente, o grande protagonista da campanha alviverde, tendo assumido o comando técnico após a 15.ª jornada, com a equipa em 7.º lugar e a oito pontos do então líder Flamengo.

Seguiram-se 22 jogos sem derrotas no Brasileirão – maior sequência da história do campeonato desde que se tornou uma prova de regularidade - e desempenhos bastante aceitáveis na Copa do Brasil e na Libertadores, competições em que o verdão caiu nas meias-finais ante Cruzeiro e Boca Juniors, respetivamente.

sábado, 24 de novembro de 2018

Felipe Melo. O instável médio estabilizador

Felipe Melo é titular indiscutível do Palmeiras aos 35 anos

Felipe Melo, atualmente ao serviço do Palmeiras, é aquilo a que se pode chamar de médio estabilizador. De características essencialmente defensivas, raramente sai da sua posição no duplo pivot defensivo do verdão de Luiz Felipe Scolari, deixando essa missão a cargo do box-to-box Bruno Henrique.  

Além de dar equilíbrio defensivo à equipa ao procurar criar superioridade numérica na zona da bola e ao não conceder liberdade ao principal criativo da equipa adversária, é forte no jogo aéreo embora não seja propriamente uma viga (1,83 m) e é agressivo na disputa de bola, ajudando à recuperação da posse.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Bruno Henrique, um box-to-box à inglesa no Palmeiras de Scolari

Bruno Henrique jogou na liga italiana ao serviço do Palermo

No Brasil, dizem que é volante. Mas aos olhos dos adeptos europeus, sobretudo aqueles que estão habituados ao futebol britânico, é um box-to-box.  Com a braçadeira do Palmeiras envergada, Bruno Henrique é o médio do time de Luiz Felipe Scolari que tem a missão de fazer constantes vaivéns de área a área, a defender e a atacar, e com qualidade.

Dotado de um enorme pulmão, posiciona-se numa linha intermédia do meio-campo do verdão, ligeiramente adiantado em relação a Felipe Melo (ou Thiago Santos) e atrás do meia Moisés. Ajuda na construção dos ataques ainda no seu meio-campo, faz a equipa progredir através dos seus passes bem calibrados e criteriosos ou então queima linhas através de um transporte de bola muito seguro e objetivo.

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

O futebol do Palmeiras fica mais açucarado nos pés de Dudu


Dudu na eliminatória da Libertadores diante do Cerro Porteño
Dudu é o protótipo do extremo brasileiro: baixinho (1,66 m), rápido, criativo e sempre com a bola no pé. Tem aquele jeito de que a qualquer momento pode tirar um coelho da cartola ou perder inexplicavelmente a bola.

No 4x2x3x1 de Luiz Felipe Scolari, surge no lado esquerdo do ataque, o que para um destro fantasista corresponde a partir da faixa lateral para o meio, transportando a bola colada ao pé direito como se a estivesse a atrair com algum íman na chuteira, sambando perante os adversários até os ultrapassar, naquele estilo tão brasileiro, tão açucarado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...