terça-feira, 30 de abril de 2019

João Félix. A frieza antes da magia

João Félix tem cláusula de rescisão de 120 milhões de euros
Aos 19 anos, João Félix já se tornou a grande sensação do futebol nacional e uma das maiores promessas do futebol mundial. Chamam-lhe Mágico Félix pela qualidade técnica que ostenta mas o mais impressionante para a idade dele é a frieza que revela nos momentos de decisão.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Impact Wrestling | Rebellion

Brian Cage e LAX novos campeões



Data: 28 de abril de 2019
Arena: The Rebel Complex
Localidade: Toronto, Ontário, Canada


domingo, 28 de abril de 2019

Sporting passa na prova dos nove à boleia de Raphinha

Raphinha em luta com Rafa Soares na área vimaranense
A temporada 2018/19 parece estar a terminar cedo demais para o Sporting, que chega à reta final com energia e numa sequência impressionante de bons resultados. Este sábado, na receção ao Vitória de Guimarães (2-0), os leões somaram a nona vitória consecutiva e o 12.º jogo seguido sem perder em todas as competições.

sábado, 27 de abril de 2019

A minha primeira memória de… um jogo entre Chelsea e Man. United

Fortune e Lampard em disputa de bola em agosto de 2004

Lembro-me bem do primeiro jogo entre Chelsea e Manchester United a que assisti. Os blues, adquiridos cerca de um ano antes pelo magnata russo Roman Abramovich num projeto pioneiro no futebol europeu, estavam em ascensão na hierarquia do futebol mundial e tinham contratado José Mourinho, recém-coroado campeão europeu pelo FC Porto, para assumir o comando técnico.

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Dez promessas do Brasileirão 2019 segundo Jardel, André Cruz e Aloísio

Craques que brilharam em Portugal indicaram dez talentos 
A fábrica de talentos chamada Brasil aparenta estar de volta aos melhores dias. Só no ano passado, saíram três jogadores diretamente de clubes brasileiros para colossos europeus sem necessitarem de escalas em emblemas ou ligas de menor dimensão: Vinicius Junior do Flamengo para o Real Madrid (45 milhões de euros), Lucas Paquetá do Flamengo para o AC Milan (35 M) e Arthur do Grêmio para o Barcelona (31 M). Isto para não falar de Éder Militão, que nem precisou de um ano no FC Porto para captar a atenção do Real Madrid.

quinta-feira, 25 de abril de 2019

A minha primeira memória de… um jogo entre FC Porto e Rio Ave

Sérgio Conceição e Miguelito em lance dividido
Com o título de 2003/04 garantido ainda antes de entrar em campo na jornada anterior, a antepenúltima do campeonato, a menor preocupação do FC Porto era o que restava jogar da I Liga. Afinal, ainda faltava disputar uma meia-final da Liga dos Campeões – e em caso de apuramento a final, o que acabou por se verificar – e a final da Taça de Portugal diante do Benfica.

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Como o Ajax se tornou na equipa sensação da Champions

Ajax fez a festa em Turim às custas da Juventus
Aconteça o que acontecer, o Ajax já é a grande sensação da Liga dos Campeões 2018/19. Começou na segunda pré-eliminatória, deixou três adversários pelo caminho antes de entrar na fase de grupos, de onde saiu sem qualquer derrota mesmo perante a oposição do Bayern Munique do Benfica e no mata-mata já colocou de fora o tricampeão europeu Real Madrid e a candidata Juventus.

Um feito que ganha maior dimensão por, segundo um estudo da Deloitte Money League, o Ajax nem sequer estar entre os 30 clubes mais ricos do da Europa, com receitas anuais que não atingem os 150 milhões de euros, bastante inferiores aos 750 milhões do Real Madrid e aos 400 da Juventus.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Das entradas a todo o gás à teoria do ketchup na goleada do Benfica ao Marítimo

João Félix voltou a estar em evidência, ao apontar um bis
A luta pelo título promete ser taco-a-taco até ao fim, com o o Benfica a responder esta segunda-feira, ante o Marítimo, à vitória do FC Porto no sábado, deixando tudo na mesma na frente do campeonato: igualdade pontual entre os rivais, com as águias em vantagem devido ao confronto direto.

Havia a expectativa em perceber como é que os homens de Bruno Lage iam responder física e mentalmente à ressaca da dececionante eliminação europeia de quinta-feira em Frankfurt, e a resposta acabou por ser dada nos primeiros minutos da primeira e da segunda parte, quando o primeiro e o segundo golo foram obtidos.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Longevidade da resistência do Vitória FC é case study internacional

Vitória de Setúbal sabe o que é dançar na corda bamba
Desde que regressou pela última vez à I Liga em 2004/05 que o objetivo do Vitória Futebol Clube é o mesmo a cada época que passa: a permanência. E não deixou de o ser mesmo nas três temporadas em que foi conseguido o apuramento para as competições europeias, porque essas foram meramente campanhas mais tranquilas e que nada de proporcional tiveram a ver com orçamento, ambição ou estabilidade diretiva e financeira aquando do tiro de partida.

domingo, 21 de abril de 2019

As minhas primeiras memórias de... jogos entre Benfica e Marítimo

Tiago picou a bola sobre Nélson no lance do segundo golo
Para ser sincero, não tenho bem a certeza de qual foi a a minha primeira memória de jogos entre Benfica e Marítimo. Isto porque tenho uma vaga ideia de, em dezembro de 2001, ter visto os madeirenses eliminarem os encarnados da Taça de Portugal após vencerem no jogo de desempate nos Barreiros. Porém, a falta de vídeos desses encontros na prova raínha deixa-me na dúvida.

sábado, 20 de abril de 2019

Luiz Phellype tomou o gosto e leva o Sporting à oitava vitória seguida

Tissone e Luiz Phellype lutam pela posse de bola
Num duelo entre extremos, um Sporting em terceiro lugar e a viver uma das melhores fases na temporada foi à Madeira bater um Nacional que também é terceiro, mas a contar do fim, e que está cada vez mais aflito para fugir à despromoção.

Quase sempre por cima no jogo, mas com dificuldades em traduzir essa superioridade em golos, a equipa de Marcel Keizer não contou com Bruno Fernandes ao nível das últimas jornadas, mas teve em jogadores que em condições normais não seriam titulares, Doumbia, Jovane Cabral e Luiz Phellype, três unidades a quererem mostrar serviço.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Benfica sai da Alemanha eliminado e com saudades do VAR

João Félix teve uma noite apagada na Commerzbank Arena
Nem na Europa as principais equipas portuguesas conseguem evitar falar de arbitragens. Depois das queixas do FC Porto na eliminatória da Liga dos Campeões, agora é o Benfica a sair da Liga Europa com a contribuição de um golo em fora-de-jogo, numa competição em que só haverá videoárbitro (VAR) na final.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre Sporting e Nacional

O leão Pedro Barbosa vigiado pelo nacionalista Luís Loureiro
A minha primeira memória de um jogo entre o Sporting e Nacional remontam a uma época em que os madeirenses não estavam na I Liga, 2000/01. Na verdade, foi devido a este duelo, a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal, que ouvi pela primeira vez falar no emblema alvinegro, que na altura era 3.º classificado na II Liga. Por coincidência, os leões ocupavam a mesma posição no primeiro escalão.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre Benfica e equipas alemãs

Manuel Fernandes e Philipp Lahm em novembro de 2004
Já não tenho a certeza se assisti ao jogo através da televisão, mas tenho memória de ter acontecido e do resultado. Numa época em que a então Taça UEFA estreou uma fase de grupos em que as 40 equipas eram distribuídas por oito grupos (de cinco) e defrontavam dois adversários em casa e dois fora, o Benfica teve de se deslocar ao terreno do Estugarda, na altura uma das mais poderosas equipas alemãs e cliente habitual das provas europeias.

terça-feira, 16 de abril de 2019

As minhas primeiras memórias de... jogos entre FC Porto e Liverpool

Deco e Gerrard num duelo entre dois génios em ascensão
As minhas memórias são enevoadas e remontam a tempos de infância em que a determinada hora já tinha que estar na cama, mas recordo-me perfeitamente que FC Porto e Liverpool mediram forças nos quartos de final da então Taça UEFA em 2000/01. E até me lembrava que os reds tinham vencido em Anfield por 2-0, só tinha a dúvida se o jogo das Antas, na primeira mão, tinha ficado empatado a zero ou a um. Foi a zero.

Clubes ingleses tentam igualar feito inédito de 1966 com cinco equipas nas meias-finais

Man. City e Tottenham defrontam-se nos quartos da Champions
Inglaterra está a poucos dias de poder igualar o feito inédito de 1966, ano de boas memórias para os britânicos pela organização e conquista do Campeonato do Mundo mas também pela presença de cinco equipas nas meias-finais das provas europeias.

Numa fase em que já se realizou a primeira mão dos quartos-de-final tanto da Liga dos Campeões como da Liga Europa, já se sabe que pelo menos uma equipa inglesa (Tottenham ou Manchester City) estará na fase seguinte da competição, três estão bem encaminhadas (Liverpool, Chelsea e Arsenal) e uma em desvantagem mas com legitimidade para sonhar (Manchester United). Na Champions, os spurs bateram os citizens em casa (1-0), os reds venceram o FC Porto em Anfield (2-0) e os red devils foram derrotados em Old Trafford pelo Barcelona (0-1) na primeira mão, enquanto na Liga Europa os blues venceram no terreno do Slávia Praga (1-0) e os gunners triunfaram na receção ao Arsenal (2-0).

segunda-feira, 15 de abril de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre Barcelona e Man. United

Cristiano Ronaldo e Xavi em rara discussão pela posse de bola
Falar das minhas primeiras memórias de jogos entre Manchester United e Barcelona é o mesmo do que falar das primeiras vezes em que Cristiano Ronaldo e Lionel Messi partilharam um relvado. Já eram, a par de Kaká, os melhores do mundo, mas ainda não se imaginava que se tornassem em lendas do futebol mundial, ao nível dos melhores de todos os tempos.

domingo, 14 de abril de 2019

Rodrigo Caio. O central moderno que a Europa ainda não viu

Rodrigo Caio trocou recentemente o São Paulo pelo Flamengo
Hummels, Piqué, Laporte e tantos e tantos outros. O central construtor é o central moderno, está na moda e é procurado cada vez mais. Por mais paradoxal que possa parecer, hoje olha-se tanto ou mais para as características ofensivas do que para as defensivas na hora de avaliar um defesa. E no Brasil, há pelo menos uma mão cheia de anos que Rodrigo Caio tem vindo a mostrar esses requisitos tão em voga, mas a Europa ainda não as viu – ou melhor, não foram vistos no velho continente.

sábado, 13 de abril de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre Benfica e Vitória FC

Sadino Paulo Ferreira e benfiquista Mantorras lutam pela bola
Recordar o primeiro jogo entre Benfica e Vitória de Setúbal é como voltar à infância, a tempos que infelizmente não se repetirão. Lembro-me que estava de férias com os meus pais em Lagos e que um tio emigrado em França e o seu filho francês mas benfiquista apaixonado como poucos tinham ido ao antigo Estádio da Luz assistir ao encontro. O campeonato estava no início, na 3.ª jornada, e o encontro foi disputado no final de uma tarde de verão, a 25 de agosto de 2001.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre Sporting e Desp. Aves

Leão Sá Pinto em duelo com capitão avense Quim Costa
Sporting e Desportivo das Aves foram os finalistas da Taça de Portugal em 2017/18, mas os jogos entre as duas equipas ainda estão longe de constituir um clássico do futebol português. A minha primeira memória de um confronto entre avenses e leões remonta a 14 de outubro de 2000, naquele que foi o quarto encontro oficial entre ambos os clubes.

A formação orientada por Prof. Neca – quem mais poderia ser? - tinha acabado de subir à I Liga e era uma das candidatas à descida de divisão, algo que se viria a confirmar. Mas à entrada para a 7.ª jornada, ainda estava acima da zona de despromoção, com o ex-portista Quinzinho, o ex-rioavista Camberra, o ex-salgueirista Abílio, os ex-benfiquistas José Soares e Nuno Afonso e o ex-boavisteiro Tó Luís como alguns dos principais nomes. E também havia o atacante camaronês Douala, que estava emprestado pelo Boavista e que haveria de representar o Sporting quatro anos depois.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

ROH & NJPW | G1 Supercard

Matt Taven e Okada novos campeões principais de ROH e NJPW



Data: 6 de abril de 2019
Arena: Madison Square Garden
Localidade: Nova Iorque, Nova Iorque


terça-feira, 9 de abril de 2019

WWE | NXT TakeOver: New York

Johnny Gargano novo campeão do NXT após combate tremendo com Adam Cole; Walter conquista título britânico



Data: 5 de abril de 2019
Arena: Barclays Center
Localidade: Brooklyn, Nova Iorque


segunda-feira, 8 de abril de 2019

WWE | WrestleMania 35

Becky Lynch, Kofi Kingston, Seth Rollins, Finn Bálor e The IIconics novos campeões



Data: 7 de abril de 2019
Arena: East Rutherford, New Jersey
Localidade: MetLife Stadium


Sporting mete a quinta e acelera para o pódio

Bruno Fernandes marcou o 27.º golo da época frente ao Rio Ave
Sem se dar muito por isso, o Sporting de Marcel Keizer alcançou este domingo a quinta vitória consecutiva - e a sétima nos últimos oito jogos - no campeonato, batendo o Rio Ave por 3-0 em Alvalade e isolando-se no terceiro lugar, agora com três pontos de avanço - e vantagem no confronto direto - sobre o Sp. Braga, depois de ter estado a sete dos bracarenses.

Para as contas do título pouco terá a dizer, mas a verdade é que os leões parecem viver uma espécie de fase de retoma neste último terço da época, até pelo apuramento para a final da Taça de Portugal após a reviravolta na eliminatória com o Benfica, nas meias-finais.

domingo, 7 de abril de 2019

A minha primeira memória de… uma Wrestlemania

Shawn Michaels bateu Vince McMahon no combate da noite
Tal como com Royal Rumble, SummerSlam e Survivor Series, a primeira memória que tenho de uma Wrestlemania remonta a 2006, ou seja, à 22.ª edição do evento. Em Chicago, colidiram rivais cujas intrigas foram sendo alimentadas durante cerca de dois ou mais meses. Pelo hype, pelos anúncios semanais de lendas introduzidas no Hall Of Fame e pelo que assistia regularmente nos shows semanais, na altura na SIC Radical, foi um evento em que depositei grandes expetativas, embora julgue que não o tenha visto de fio a pavio aquando da sua transmissão.

sábado, 6 de abril de 2019

De "génio" a "fenómeno". Históricos do Sporting rendidos a Bruno Fernandes

Bruno Fernandes decidiu o dérbi de quarta-feira com o Benfica
Os quase 10 milhões de euros que o Sporting pagou à Sampdoria pelo passe de Bruno Fernandes no verão de 2017 têm-se tornado, cada vez mais, uma pechincha. Em quase dois anos de leão ao peito, o jogador disputou 101 jogos e marcou 42 golos, uma média invejável até para muitos avançados, à qual se juntam as inúmeras assistências.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

A minha primeira memória de… um dérbi entre FC Porto e Boavista

Litos e Domingos em acesa disputa de bola na área axadrezada
A primeira edição do campeonato português que segui de fio a pavio foi a de 2000/01. O Sporting partia como campeão, mas desde a 6.ª jornada que o FC Porto se isolou na liderança e aparentava ser o principal candidato ao título, que seria o sexto em sete anos. O Boavista, por sua vez, não passava de um candidato às competições europeias, chegando a estar a oito pontos da liderança após a 12.ª ronda.

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Carrega toneladas todos os dias e ainda é guarda-redes aos 47 anos

Paulo Silva defende a baliza do Seixal Clube 1925
Uma história que tinha tudo para não acontecer. Paulo Silva tem 47 anos, tinha deixado de jogar futebol há cinco, tem um emprego fisicamente desgastante e era treinador dos seus atuais concorrentes na baliza do Seixal, clube que esteve na I Divisão na década de 1960 e reativou o futebol sénior na época passada depois da refundação como Seixal Clube 1925. Mas a paixão falou mais alto e aí está ele como o guarda-redes da defesa menos batida da Série B da II Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...