Mostrar mensagens com a etiqueta Paços de Ferreira. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Paços de Ferreira. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 12 de junho de 2020

A minha primeira memória de... um jogo entre Sporting e Paços de Ferreira

Sá Pinto remata perante a oposição do médio pacense Glauber
Como muitas outras no que concernem a futebol, a minha primeira memória de um jogo entre Sporting e Paços de Ferreira remonta à temporada 2000-01, a primeira época futebolística que acompanhei de fio a pavio. Curiosamente, os dois clubes tinham o estatuto de campeões em título da I e da II Liga, respetivamente.

No campeonato, os leões sentiram bastantes dificuldades para acompanhar a pedalada de Boavista e FC Porto e passaram grande parte das jornadas na terceira posição. Os pacenses, apesar do estatuto de recém-promovido, fizeram uma época tranquila, a meio da tabela, sob o comando de José Mota. O eterno guarda-redes Pedro, o igualmente eterno central Adalberto, o médio brasileiro Beto – que cinco épocas depois reforçaria o Benfica -, o também médio brasileiro Glauber – que na temporada seguinte daria o salto para o Boavista -, o médio ofensivo/avançado e grande estrela da equipa Rafael – que na época a seguir se transferiu para o FC Porto - e o extremo sempre muito irrequieto Zé Manel eram algumas das figuras dos castores.

domingo, 5 de abril de 2020

Os 10 jogadores com mais jogos pelo Paços de Ferreira na I Liga

Dez jogadores emblemáticos da história do Paços de Ferreira
Fundado a 5 de abril de 1950, o Futebol Clube Vasco da Gama competiu nas divisões secundárias da Associação de Futebol do Porto durante mais de uma década até ganhar a designação atual: Futebol Clube Paços de Ferreira.

Por essa altura, também mudaram as cores do clube. O amarelo deu lugar a um equipamento em tudo semelhante ao do FC Porto, algo que vigorou até 15 de março de 1981, quando os sócios decidiram mudar novamente as cores para o amarelo e verde do concelho. Nessa fase, já os pacenses tinham alcançado os campeonatos nacionais, tendo subido à III Divisão e à II Divisão em anos consecutivos, em 1973 e 1974.

domingo, 16 de fevereiro de 2020

A minha primeira memória de… um jogo entre Marítimo e Paços de Ferreira

Pepe e Manduca, que viriam a jogar por FC Porto e Benfica
Não é que Paços de Ferreira e Marítimo protagonizem um clássico do futebol português ou que se tenham defrontado numa final, mas a 13 de setembro de 2003 um jogo entre ambas as equipas na Mata Real teve condimentos especiais.

sábado, 25 de janeiro de 2020

A minha primeira memória de... um jogo entre Benfica e Paços de Ferreira

Guarda-redes Pinho imperial nas alturas na área dos pacenses
Tenho uma vaga ideia de o Paços de Ferreira ter ido ganhar à Luz por 3-2 em março de 2001, numa época marcado pelo regresso dos pacenses à I Liga e da pior classificação de sempre do Benfica, o sexto lugar, mas a primeira memória que eu tenho de um jogo entre as duas equipas é referente a dezembro do mesmo ano.

domingo, 5 de janeiro de 2020

Dos rótulos das garrafas de vinho à Capital do Móvel após escalas no Benfica e na Polónia

João Amaral emprestado ao Paços de Ferreira até final da época
O percurso de João Amaral no futebol desafia toda a lógica: 1) Natural de Vila Nova de Gaia, não passou nem pela formação de um grandes nem pela de um dos principais clubes da Área Metropolitana do Porto; 2) Quando subiu a sénior, passou sete temporadas nos escalões inferiores, tendo estado emprestado pelo Pedras Rubras há apenas três anos; 3) Nem sempre o futebol foi a sua única atividade, tendo trabalhado enquanto jogava; 4) Chegou à I Liga à beira dos 25 anos e não precisou de muitos jogos para se tornar numa das principais figuras do Vitória de Setúbal; 5) Emigrou aos 27 anos para os polacos do Lech Poznan após duas semanas de treinos no Benfica; 6) Regressa agora a Portugal pela porta de uma equipa que está com dificuldades para sair da zona de despromoção [Paços de Ferreira] depois de ano e meio de bom nível na Polónia.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

A minha primeira memória de... um jogo entre FC Porto e Paços de Ferreira

Avançado portista Pena marcado pelo pacense João Armando
Estávamos em setembro de 2000 e o FC Porto tinha acabado de perder Mário Jardel, autor de 168 golos em 175 jogos de dragão ao peito e melhor marcador nas quatro edições do campeonato português entre 1996-97 e 1999-00.

Nos cinco primeiros jogos da época 2000-01, Fernando Santos experimentou Romeu, Juan Antonio Pizzi, Domingos e Silvio Maric no eixo do ataque, mas nenhum deles apresentou golos. Ainda sem o substituto à altura de Super Mário, os azuis e brancos foram ao Brasil contratar Pena, ex-Palmeiras.

domingo, 20 de janeiro de 2019

Mohamed Diaby, o “dois em um” de Paços de Ferreira

Mohamed Diaby pertence ao Paços desde 2017
Há treinadores que privilegiam a presença de um ou dois calmeirões à frente da defesa, como o caso do Vitória de Setúbal de Lito Vidigal, que não abdica de Mikel e Semedo. Outros preferem um jogador com mais qualidade na construção de jogo, como os que têm lançado Eustáquio no Desportivo de Chaves ao longo do último ano.

Mas no Paços de Ferreira, Vítor Oliveira tem a possibilidade de somar os dois perfis… num só futebolista. Falamos de Mohamed Diaby – irmão de Abou Diaby (ex-Arsenal) -, médio francês de 22 anos que é simultaneamente uma viga de 1,88 m e um exímio construtor e transportador de jogo.

O trinco pacense não exibe precisão de passe apenas na circulação de bola no próprio meio-campo, ou seja, nos passes lateralizados ou recuados. Não. Diaby dá um importante contributo na verticalização do jogo dos castores.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Rafael Barbosa de volta à II Liga para dar Paços em frente na carreira

Rafael Barbosa chegou à Capital do Móvel no mercado de inverno
Após uma temporada em que brilhou ao serviço do Sporting B, apesar da despromoção ao Campeonato de Portugal, Rafael Barbosa estreou-se na I Liga ao serviço do Portimonense, tendo participado em quatro jogos pela equipa principal antes de terminar abruptamente a passagem pelo Algarve.

As várias versões contradizem-se, mas todas admitem, no mínimo, uma altercação entre o jogador e Rodiney Sampaio, presidente da SAD do emblema de Portimão, no final de um jogo da Liga Revelação com o Benfica, a 29 de setembro. O futebolista regressou prontamente ao Sporting, clube que o tinha emprestado, mas até ao final de dezembro que se limitou apenas a treinar com a formação sub-23. Ou seja, já são mais de três meses sem competir em qualquer partida e quase quatro – desde 2 de setembro – sem participar num desafio de uma liga profissional.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Era pós-Suk começa com passos em falso

Rúben Semedo foi um dos melhores do Vitória em Paços

Liga | Paços de Ferreira 2-1 Vitória


No primeiro encontro após a venda (ainda não oficializada) de Suk para o FC Porto, o Vitória começou com dois passos em falso, ao sofrer um golo logo aos 3 minutos, através de Bruno Moreira. Um passo em falso de Gorupec, ao colocar em jogo o avançado pacense, outro de Venâncio, que viu o autor do golo fugir-lhe à marcação.  

Havia a expetativa em saber como os sadinos iam reagir a situação tal adversa sem o seu maior solucionador de problemas da primeira volta e depois de terem sido goleados pelo Sporting na última jornada, mas estes mostraram excelente atitude.

domingo, 1 de dezembro de 2013

Liga ZON Sagres | Sporting 4-0 Paços de Ferreira

Regresso aos golos de Montero e subida ao 1º lugar



Esta noite, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, o Sporting derrotou o Paços de Ferreira por 4-0, na 11ª jornada da Liga ZON Sagres. William Carvalho, Montero (2, um de grande penalidade) e André Martins foram os autores dos golos.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Liga dos Campeões | Zenit 4-2 Paços de Ferreira

uefa.com
Esta tarde, no Estádio Petrovsky, em São Petersburgo, o Zenit derrotou o Paços de Ferreira por 4-2 (8-3 no agregado), em jogo da segunda mão do Play-Off de acesso à Liga dos Campeões. Danny (2), Bukharov e Arshavin (de grande penalidade) marcaram para os russos, e Manuel José e Carlão para os pacenses.

domingo, 5 de maio de 2013

Liga ZON Sagres | Paços de Ferreira 1-0 Sporting

zerozero.pt
Esta noite, no Estádio Capital do Móvel, o Paços de Ferreira derrotou o Sporting por 1-0, num jogo a contar para a 28ª jornada da Liga ZON Sagres. Tony marcou o único golo do encontro.
                                      

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Liga ZON Sagres | Sp. Braga 2-3 Paços de Ferreira


Esta noite, no Estádio AXA, o Paços de Ferreira derrotou o Sp. Braga por 3-2, num jogo a contar para 18ª jornada da Liga ZON Sagres. Paolo Hurtado (2) e Cícero marcaram para os pacenses, e Leandro Salino e Éder para os bracarenses.
                                      

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Paços de Ferreira (0-0) Estoril (Jogo interrompido aos 77')


Esta noite, no Estádio da Mata Real, Paços de Ferreira e Estoril empatavam a zero, até que o jogo foi interrompido devido ao intenso nevoeiro, num encontro para a 17ª jornada da Liga ZON Sagres.
                                      

sábado, 19 de janeiro de 2013

Liga ZON Sagres | FC Porto 2-0 Paços de Ferreira


Esta noite, no Estádio do Dragão, o FC Porto derrotou o Paços de Ferreira por 2-0, num jogo a contar para a 15ª jornada da Liga ZON Sagres. Alex Sandro e Izmaylov marcaram os golos.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Liga ZON Sagres | Sporting 0-1 Paços de Ferreira


Esta noite, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, o Paços Ferreira derrotou o Sporting por 1-0, num jogo a contar para a 13ª jornada da Liga ZON Sagres. Paolo Hurtado marcou o único golo do encontro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...