Mostrar mensagens com a etiqueta Marítimo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Marítimo. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 8 de julho de 2020

A minha primeira memória de… um jogo entre Boavista e Marítimo

Maritimista Paulo Sérgio e boavisteiro Whelliton em disputa de bola
21 de março de 2001. Uma quarta-feira, ao final da tarde. Meias-finais da Taça de Portugal. Estádio do Bessa em obras.  Transmissão televisiva a cargo da SIC. O Boavista, líder da I Liga com seis pontos de vantagem sobre FC Porto e Sporting quando estavam decorridas 25 das 34 jornadas, era claro favorito na receção ao Marítimo.

Prestes a conquistarem o primeiro título nacional da sua história, os axadrezados, orientados por Jaime Pacheco, sonhavam também com a presença no Jamor depois de terem eliminado Freamunde, Desp. Aves, Penafiel e Moreirense nas rondas anteriores.

quarta-feira, 10 de junho de 2020

A minha primeira memória de… um jogo entre FC Porto e Marítimo

Portista Alenichev remata perante a oposição do maritimista Jorge Soares
Comecei a acompanhar futebol português de uma forma mais incisiva a partir de meados de 2000, mas não me recordo dos dois jogos para o campeonato entre FC Porto e Marítimo, ambos concluídos com vitória dos dragões pela margem mínima.

Porém, as duas equipas defrontaram-se na final da Taça de Portugal, um encontro que me lembro de ter assistido através da transmissão televisiva, creio que da SIC, que na altura detinha os direitos televisivos da prova rainha.

Tenho uma vaga ideia de já estar prevista a saída do treinador portista, Fernando Santos, ainda antes do jogo de atribuição do troféu. Depois de ter completado a conquista do penta, o engenheiro esteve dois anos sem ganhar o campeonato, algo que para os lados das Antas não acontecia desde o início da década de 1980.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

A minha primeira memória de... um jogo entre Rangers e equipas lusas

Léo Lima e Mladenović no jogo dos Barreiros, na primeira-mão
A minha primeira memória de um jogo entre o Glasgow Rangers e uma equipa portuguesa remonta a uma fase de grande fulgor dos escoceses, no início deste século. Afinal, o emblema do Ibrox tinha vencido 12 dos últimos 16 campeonatos da Escócia e era presença assídua na Liga dos Campeões, nem que fosse na última pré-eliminatória.

Foi precisamente após cair na 3.ª pré-eliminatória da Champions, aos pés do CSKA Moscovo, que os britânicos foram repescados para a Taça UEFA, em 2004-05. Pela frente, na primeira eliminatória da segunda competição europeia, encontraram o Marítimo.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

A minha primeira memória de… um jogo entre Belenenses e Marítimo

Marco Paulo e Léo Lima em disputa de bola no Restelo
Os jogos entre Belenenses e Marítimo são um clássico do futebol português, com mais de 70 edições. Basta recordar que a final do Campeonato de Portugal em 1925-26 foi entre estes dois históricos emblemas, com vitória para os maritimistas por 2-0. Para se ter a noção, houve primeiro uma final nacional entre Belenenses e Marítimo do que uma entre Benfica e Sporting, o que só aconteceu nove anos depois.

domingo, 16 de fevereiro de 2020

A minha primeira memória de… um jogo entre Marítimo e Paços de Ferreira

Pepe e Manduca, que viriam a jogar por FC Porto e Benfica
Não é que Paços de Ferreira e Marítimo protagonizem um clássico do futebol português ou que se tenham defrontado numa final, mas a 13 de setembro de 2003 um jogo entre ambas as equipas na Mata Real teve condimentos especiais.

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

FC Porto salva um ponto no batatal dos Barreiros

Pepe marcou no regresso aos Barreiros
Depois de ter vitórias arrancadas a ferros nas duas últimas temporadas, o FC Porto voltou a escorregar nos Estádio dos Barreiros, palco difícil por tradição mas que esta quarta-feira ainda mais dificuldades criou aos dragões pelo mau estado do relvado. Deu para salvar um ponto já nos últimos dez minutos, após mais de uma hora em desvantagem. Com esta igualdade, os dragões caíram para o segundo lugar, em igualdade pontual com o Famalicão, e deixaram o Benfica isolado na liderança da I Liga.

sábado, 26 de outubro de 2019

A minha primeira memória de… um jogo entre Vitória FC e Marítimo

Hugo Alcântara ganha o lance de forma acrobática a Gaúcho
Confesso que não assisti ao jogo, até porque creio que não foi transmitido em nenhum canal e tampouco me desloquei ao Funchal, mas recordo-me perfeitamente de ter acontecido, até pelo resultado altamente desnivelado. Que me perdoem os adeptos sadinos, mas se antes desse jogo de 22 de setembro de 2002 perguntassem a alguém que equipa é que mais provavelmente venceria por 5-0, a esmagadora maioria diria Marítimo.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Das entradas a todo o gás à teoria do ketchup na goleada do Benfica ao Marítimo

João Félix voltou a estar em evidência, ao apontar um bis
A luta pelo título promete ser taco-a-taco até ao fim, com o o Benfica a responder esta segunda-feira, ante o Marítimo, à vitória do FC Porto no sábado, deixando tudo na mesma na frente do campeonato: igualdade pontual entre os rivais, com as águias em vantagem devido ao confronto direto.

Havia a expectativa em perceber como é que os homens de Bruno Lage iam responder física e mentalmente à ressaca da dececionante eliminação europeia de quinta-feira em Frankfurt, e a resposta acabou por ser dada nos primeiros minutos da primeira e da segunda parte, quando o primeiro e o segundo golo foram obtidos.

domingo, 21 de abril de 2019

As minhas primeiras memórias de... jogos entre Benfica e Marítimo

Tiago picou a bola sobre Nélson no lance do segundo golo
Para ser sincero, não tenho bem a certeza de qual foi a a minha primeira memória de jogos entre Benfica e Marítimo. Isto porque tenho uma vaga ideia de, em dezembro de 2001, ter visto os madeirenses eliminarem os encarnados da Taça de Portugal após vencerem no jogo de desempate nos Barreiros. Porém, a falta de vídeos desses encontros na prova raínha deixa-me na dúvida.

domingo, 17 de março de 2019

FC Porto assume liderança provisória em noite de VAR aberto

Ex-maritimista Danilo ganha nas alturas à defesa madeirense
Pode dizer-se que foi uma noite de VAR aberto no Estádio do Dragão. A tecnologia de videoárbitro esteve bastante ativa e obrigou João Capela a fazer piscinas para consultar as imagens e tomar decisões cruciais para o desenrolar dos acontecimentos. Ainda o jogo não tinha ultrapassado a dezena de minutos e já o juiz lisboeta tinha revertido uma grande penalidade assinalada a favor do FC Porto e expulsado o defesa madeirense Lucas Áfrico depois de lhe ter exibido inicialmente o cartão amarelo.

sábado, 23 de fevereiro de 2019

As minhas primeiras memórias de… jogos entre Sporting e Marítimo

Acosta despediu-se do Sporting num jogo frente ao Marítimo
Não assisti aos primeiros três jogos de que me recordo entre Sporting e Marítimo, até porque ainda não possuía televisão por cabo nem tão pouco Sport TV, mas lembro-me perfeitamente de que os acompanhei pela rádio.

Todos ocorreram no ano de 2001. O primeiro foi numa sexta-feira à noite, a 12 de janeiro, e era referente à última jornada da primeira volta, e recordo tanto que fui ouvindo o relato numa viagem até ao Alentejo como o autor dos dois golos da vitória leonina nos Barreiros: Rodrigo Fabri. Emprestado pelo Real Madrid e rotulado de craque, o atacante brasileiro esteve longe de efetuar uma época memorável de leão ao peito, tendo apontado apenas quatro golos em todas as competições, sendo que metade foram nessa complicada deslocação ao Funchal, aos 66 (de grande penalidade) e 70 minutos. O treinador do Sporting era Fernando Mendes, que tinha substituído Augusto Inácio um mês antes.

sábado, 10 de junho de 2017

Marítimo ganha ‘polvo’ para o meio-campo

Fábio Pacheco assinou por três temporadas pelos insulares
Ciente da necessidade de reforçar o meio-campo devido à saída de Fransérgio para o Sp. Braga e do aproximar de uma temporada longa e exigente que contempla participação na Liga Europa, o Marítimo contratou Fábio Pacheco, 29 anos, que estava em final de contrato com o Vitória de Setúbal.

É verdade que só o desempenho do jogador vai permitir uma avaliação mais palpável, mas esta é, em perspetiva, uma grande aquisição. Os insulares acabam de garantir um centrocampista de características defensivas, capaz de alinhar a central e a ‘8’, com experiência de I Liga e que estava livre após terminaram o vínculo de dois anos que o ligava aos sadinos.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

A grande responsabilidade de Nelo Vingada

Nelo Vingada foi 'desenterrado' por Carlos Pereira
Nelo Vingada, Manuel José, Manuel Cajuda, Carlos Manuel, Vítor Manuel e Artur Jorge. Estes são os nomes de apenas alguns dos melhores treinadores portugueses na viragem do milénio. Primavam pelos anos de futebol, pela experiência e pela sabedoria, mas o fenómeno José Mourinho veio roubar-lhes o espaço.

O sucesso do setubalense mudou o perfil do treinador da I Liga: jovem, irreverente e com novos métodos. Uns com um background académico, outros a sentarem-se nos bancos após uma carreira de futebolista. Domingos Paciência, Leonardo Jardim, Nuno Espírito Santo, Marco Silva, Sérgio Conceição e André Villas Boas são apenas alguns dos casos mais conhecidos. Quantos aos mais velhos, iam sobrando aqueles cujos resultados não davam margem para dúvidas: Jesualdo Ferreira e Jorge Jesus.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Quando o resultadismo não... resulta

ligaportugal.pt
É praticamente unânime que o regresso das equipas B ao futebol português tem sido uma enorme mais-valia, sobretudo tendo em conta o espaço destinado a elas, a Liga 2, uma prova profissional.

O objetivo das mesmas é sustentar o futuro das formações principais, mas como deverá ser, de facto, a sua utilização? Qual deverá ser a filosofia de cada uma? Garantir os três pontos no final do dia será mesmo o mais importante?

sábado, 22 de março de 2014

Liga ZON Sagres | Marítimo 1-3 Sporting

Foram os leões do continente a rugir mais alto


maisfutebol.iol.pt
Esta noite, no Estádio dos Barreiros, no Funchal, o Sporting derrotou o Marítimo por 3-1, na 24ª jornada da Liga ZON Sagres. Adrien (de grande penalidade), William Carvalho e Jefferson marcaram para os leões, e Theo Weeks para os insulares.
               

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Taça da Liga | Marítimo 2-2 Sporting


Esta noite, no Estádio dos Barreiros, no Funchal, Marítimo e Sporting empataram 2-2, num jogo a contar para a 1ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga. Héldon e Rafael Miranda marcaram para os insulares, e Wolfswinkel e Xandão para os lisboetas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...