Mostrar mensagens com a etiqueta Futebol Brasileiro. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Futebol Brasileiro. Mostrar todas as mensagens

domingo, 14 de junho de 2020

O que pode Fred acrescentar ao Fluminense à beira dos 37 anos?

Fred vai voltar a vestir um camisola que utilizou entre 2009 e 2016
Há quem diga que não se deve voltar a um local onde se foi feliz e que velhos são os trapos, mas Fred não parece estar muito preocupado com ditados populares. Após ter descido à Série B pelo Cruzeiro e a cerca de quatro meses de completar 37 anos, vai regressar ao Fluminense, clube que representou entre 2009 e 2016 e pelo qual venceu dois campeonatos brasileiros (2010 e 2012) e um carioca (2012), além do troféu de melhor marcador do Brasileirão em 2012, 2014 e 2016. Também foi com a camisola tricolor que teve desempenhos de tal forma convincentes que lhe permitiram ser convocado pela seleção brasileira à Taça das Confederações 2013 e ao Mundial 2014.

sábado, 30 de maio de 2020

Ralf. O histórico primeiro volante do Corinthians agora é do Avaí

'Pitbull' Ralf assinou pelo Avaí até dezembro de 2020
“Agora é o Ralf do Avaí. O Ralf do Corinthians ficou pra trás. Nenhuma borracha apaga a minha história, mas agora é página virada”. Foi assim que o histórico médio defensivo do timão se apresentou como reforço do emblema catarinense - que teve Augusto Inácio como primeiro treinador em 2020 -, à beira de completar 36 anos, para atacar a promoção ao Brasileirão.

sexta-feira, 6 de março de 2020

Os 10 clássicos mais marcantes entre Cruzeiro e Atlético Mineiro

Cruzeiro e Atlético-MG dividem corações em Belo Horizonte
Atlético Mineiro e Cruzeiro protagonizam o maior clássico do estado de Minas Gerais e um dos mais importantes do futebol brasileiro. Rivais há quase um século, os clubes de Belo Horizonte têm protagonizado mais de cinco centenas de duelos acesos, válidos para o Campeonato Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Regressa ao Grêmio o tanque que não chegou a jogar pelo Benfica

Atacante Diego Souza assinou pelo Grêmio até ao final de 2020
Quando foi contratado ao Fluminense pelo Benfica no verão de 2006, Diego Souza era um médio mas não necessariamente um médio ofensivo. Fez a pré-época com Fernando Santos, disputou vários particulares e foi convocado para as duas mãos da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões frente ao Áustria Viena e para um jogo diante do Nacional para o campeonato, mas não chegou a estrear-se oficialmente pelo clube da Luz. Foi emprestado ao Grêmio na segunda parte da época, transferido para o Palmeiras no ano seguinte e raramente se voltou a falar dele em Portugal.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Léo Pereira. Um zagueiro à medida do Flamengo de Jorge Jesus

Léo Pereira assinou pelo Flamengo até dezembro de 2024
Depois de ter evoluído numa das equipas do Brasil que mais privilegiava a relação com a bola, o Athletico Paranaense, Léo Pereira valorizou-se sob a ideia de jogo do treinador Tiago Nunes, que gosta de ver as suas equipas a chegarem ao ataque através de um futebol apoiado que se inicia nos pés do guarda-redes e passa por todos os setores, estimulando a técnica individual de cada um.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Fluminense ganha capacidade ofensiva desde trás com Egídio e Hudson

Experientes Egídio e Hudson são reforços do Flu para 2020
Depois de ter voltado a garantir a permanência no Brasileirão apenas nas últimas jornadas, de ter somado a quinta época consecutiva na segunda metade da tabela e de ter prolongado um jejum de títulos que dura desde 2012, quando conquistou o campeonato carioca e o título nacional, o Fluminense procura melhorar os registos em 2020.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Um olhar sobre os primeiros reforços do Bahia para 2020

Bahia tem estado empenhado no mercado de transferências
Depois de ter concluído o Brasileirão em 11.º lugar nas duas últimas épocas, de não ter ido além da primeira fase da Copa do Nordeste e da Copa Sul-Americana e de ter sido terminado a participação na Copa do Brasil nos quartos de final em 2019, o Bahia manteve o treinador Roger Machado, mas tem-se apetrechado com jovens e talentosos jogadores para fazer mais e melhor em 2020.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Sassá. Um poço de força para o ataque do Coritiba

Sassá foi emprestado pelo Cruzeiro ao Coritiba até final do ano
Sassá não era um habitual titular no Cruzeiro e nada garante que o seja no Coritiba em 2020 por empréstimo da raposa, mas é um atacante com características especiais. Pouco ou nada nele é requintado, mas é isso que o torna único. Numa modalidade em que cada vez mais vão aparecendo avançados com qualidade técnica para participar na criação dos ataques, continuam a existir os que se fixam na área à espera da bola, mas ainda há espaço para os que levam tudo à frente, como Marega bem tem provado.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Os 10 clássicos mais marcantes entre Palmeiras e São Paulo

Lance de um jogo entre São Paulo e Palmeiras em abril de 2002 
Rivais desde a década de 1930, Palmeiras e São Paulo promoveram já quase três centenas de clássicos marcados por futebol bonito, mas também por quezílias, o que levou a que o jornalista Tomaz Mazzoni, de A Gazeta Esportiva, apelidasse o dérbi de Choque-Rei.

domingo, 13 de outubro de 2019

Os 10 clássicos mais marcantes entre Corinthians e São Paulo

Sócrates em ação num jogo entre Corinthians e São Paulo
Desde 1930, ano da fundação do São Paulo, que o tricolor paulista e o Corinthians disputam o Majestoso, nome dado pelo jornalista Tommaso Mazzoni, do jornal A Gazeta Esportiva, ao confronto entre os dois clubes.

sábado, 17 de agosto de 2019

Os 10 clássicos mais marcantes entre Flamengo e Vasco

Rivalidade entre Flamengo e Vasco ganhou força nos anos 1990
Chamam-lhe o Clássico dos Milhões porque é um dos clássicos dos que envolve um maior número de adeptos no Brasil. Flamengo e Vasco da Gama protagonizam uma das mais acesas rivalidades do futebol brasileiro e que vai além do futebol: começou no remo ainda no remo na década de 1910 e estende-se a outras modalidades como basquetebol, natação, voleibol, judo ou futebol americano.

sábado, 3 de agosto de 2019

Os 10 clássicos mais marcantes entre Corinthians e Palmeiras

Palmeiras e Corinthians são rivais há mais de um século
Corinthians e Palmeiras protagonizam aquele que é considerado o clássico com mais tradição e de maior rivalidade na cidade de São Paulo, tendo sido batizado de O Derby. Rivais desde que se defrontaram pela primeira vez, a 6 de maio de 1917, representam muito mais de clubes de futebol. O Corinthians sempre foi associado às camadas mais populares da sociedade paulista, enquanto o Palmeiras, que até 1942 era denominado de Palestra Itália, representava a imensa comunidade italiana de São Paulo.

sexta-feira, 19 de julho de 2019

GreNal. Os 10 jogos mais marcantes de sempre

Lúcio e Ronaldinho num jogo entre Internacional e Grêmio
Grêmio e Internacional, os dois clubes de Porto Alegre, são os protagonistas daquele é considerado o maior clássico do futebol brasileiro e que divide ao meio todo o estado do Rio Grande do Sul. Embora no Brasil haja 12 clubes grandes, divididos por quatro estados, nenhuma rivalidade é tão acesa como o Gre-Nal.

Foi essa a conclusão a que têm chegado meios de comunicação social daquele país e do estrangeiro, como um inquérito levado a cabo pelo Globoesporte junto de quase 300 jornalistas de cada um dos 27 estados do Brasil em outubro de 2016 ou um artigo da revista inglesa Four Four Two sobre os principais clássicos do futebol mundial em abril desse ano.

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Bruno Guimarães. O volante que conduz os ataques do Athletico-PR

Bruno Guimarães tem contrato até fevereiro de 2023

Quando se fala em jogadores do Athletico Paranaense no mercado, o nome mais vezes referido é o de Renan Lodi, mas há outros talentos da equipa de Tiago Nunes que não merecem menos destaque. Já aqui se falou detalhadamente do zagueiro Léo Pereira, mas Bruno Guimarães também é um nome que promete estar na calha para o futebol europeu a breve prazo.

terça-feira, 11 de junho de 2019

O tanque do Botafogo que não chegou a estrear-se pelo Benfica

Diego Souza está no Botafogo por empréstimo do São Paulo

Quando foi contratado ao Fluminense pelo Benfica no verão de 2006, Diego Souza era um médio mas não necessariamente um médio ofensivo. Fez a pré-época com Fernando Santos, disputou vários particulares e foi convocado para as duas mãos da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões frente ao Áustria Viena e para um jogo diante do Nacional para o campeonato, mas não chegou a estrear-se oficialmente pelo clube da Luz. Foi emprestado ao Grêmio na segunda parte da época, transferido para o Palmeiras no ano seguinte e raramente se voltou a falar dele em Portugal.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Um poço de força chamado Sassá

Sassá tem contrato com o Cruzeiro até junho de 2020
Sassá não é um habitual titular no Cruzeiro, mas é um atacante com características especiais. Pouco ou nada nele é requintado, mas é isso que o torna único. Numa modalidade em que cada vez mais vão aparecendo avançados com qualidade técnica para participar na criação dos ataques, continuam a existir os que se fixam na área à espera da bola, mas ainda há espaço para os que levam tudo à frente, como Marega bem tem provado.

domingo, 9 de junho de 2019

Fla-Flu. Os 10 jogos mais marcantes de sempre

Flamengo e Fluminense são rivais no Rio de Janeiro desde 1912

Flamengo e Fluminense são protagonistas do único clássico de futebol com o estatuto de património imaterial de uma cidade, neste caso do Rio de Janeiro. O Fla-Flu, considerado um dos principais dérbis do futebol mundial, detém o recorde mundial de público em jogos entre clubes e foi descrito pelo jornalista carioca e adepto dos rubro-negros Mário Filho como o Clássico das Multidões. Já o seu irmão Nelson Rodrigues, igualmente jornalista, mas torcedor do tricolor, foi autor de frases como “O Fla-Flu não tem começo. O Fla-Flu não tem fim” ou “O Fla-Flu começou quarenta minutos antes do nada”.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

João Pedro. O menino de 17 anos do Flu que virou fenómeno no Brasil

João Pedro brilha no Fluminense antes de rumar ao Watford
O que João Pedro tem mostrado dentro de campo já seria suficientemente impressionante se tivesse uma idade mais avançada, mas tendo em conta que tem uns meros 17 anos, é de esbugalhar os olhos. Comecemos pelos números: entre Campeonato Carioca, Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, leva nove golos em 576 minutos, o que em média se traduz em um golo a cada… 64 minutos (!).

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Cinco razões para Jorge Jesus dar certo no Flamengo

Jorge Jesus assinou por uma temporada pelo Flamengo
Aos 64 anos, Jorge Jesus prepara-se para a segunda aventura fora de Portugal, a primeira no Brasil, e logo num clube com uma massa adepta tão grande como o Flamengo. Depois de se ter afirmado como um dos melhores treinadores portugueses e ter mostrado o seu valor à Europa, vai rumar a um futebol bem com características bem diferentes, com conceitos táticos e um calendário muito próprios e um equilíbrio competitivo que torna possível uma escorregadela em qualquer campo, diante de qualquer adversário. Ainda assim, há razões para acreditar que o amadorense vai deixar a sua marca no emblema rubro-negro. Conheça as cinco principais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...