domingo, 15 de julho de 2018

Xherdan Shaqiri. Mais um velocista para o ataque do Liverpool

Shaqiri chega a Anfield após três temporadas no Stoke City

Sadio Mané, Mohamed Salah e Roberto Firmino brilharam no ataque do Liverpool na segunda metade da temporada passada, após a saída de Coutinho para o Barcelona. No entanto, tal como foi possível perceber depois da lesão do egípcio na final da Liga dos Campeões, faltava alguém no banco capaz de assegurar a mesma velocidade e dinâmica para ser uma alternativa viável ao trio de velozes e furiosos dos reds.

O escolhido para ocupar o lugar do faraó a partir da meia hora do jogo de Kiev foi Adam Lallana, que tem muita qualidade, mas outro tipo de características: é um organizador, não um agitador. Ben Woodburn ainda está verde e Danny Ings não está à altura do desafio.

sábado, 14 de julho de 2018

William no modesto Betis às ordens do ambicioso Quique Setién

William Carvalho assinou pelo Betis até junho de 2023
Causou estranheza a escolha Betis por parte de William Carvalho. Afinal, estamos a falar de um jogador com quase meia centena de internacionalizações por Portugal, titular indiscutível no Sporting há cinco temporadas, habituado a jogar na Liga dos Campeões e que (supostamente) tem estado na mira de alguns colossos europeus; e de um clube espanhol que, apesar do sexto lugar da época passada, nem sequer é presença assídua nas competições da UEFA. 

É difícil entender a decisão do médio defensivo de 26 anos, mas é fácil perceber que encaixa na perfeição na ideia de jogo do treinador Quique Setién, que um pouco à imagem de Luís Castro também quer ver as suas equipas com um estilo bem mais atrativo do que “uns chutos para a frente e três à pesca”.




sexta-feira, 13 de julho de 2018

Gonçalo Paciência em Frankfurt para apurar o seu real valor

Gonçalo Paciência assinou pelo Eintracht Frankfurt até 2022

Gonçalo Paciência era um nome no qual os adeptos do FC Porto e da Seleção Nacional depositavam grandes expetativas, até pela escassez portuguesa no que a pontas de lança diz respeito. Numa fase em que já se começava a falar do filho de Domingos como uma promessa adiada, surgiu em novembro do ano passado a primeira internacionalização, ainda que em condições anormais, mas no culminar de um bom início de época no Vitória de Setúbal.


quinta-feira, 12 de julho de 2018

Bélgica já foi campeã do mundo... antes de haver Mundial

A histórica seleção belga campeã olímpica em 1920
Apenas Brasil (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), Alemanha (1954, 1974, 1990 e 2014), Itália (1934, 1938, 1982 e 2006), Argentina (1978 e 1986), Uruguai (1930 e 1950), Inglaterra (1966), França (1998) e Espanha (2010) foram as únicas seleções a vencerem o Campeonato do Mundo. Mas a Bélgica também já foi campeã mundial... antes de haver Mundial.

Quando a FIFA ainda não organizava a competição, em 1920, os belgas venceram em Antuérpia o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos, a principal competição de seleções na altura e considerada o antecedente do Campeonato do Mundo. "Este torneio é, na verdade, único em termos de competição. Reuniu as quinze melhores seleções do mundo, em representação de todos os países que praticam futebol. Nunca tantos futebolistas se tinham encontrado no mesmo torneio", relatou o diário desportivo francês L'Auto (ancestral do L'Equipe), num excerto reproduzido no domingo pelo Le Monde.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Rafael Barbosa. Um organizador para o meio-campo do Portimonense

Empréstimo de Rafael Barbosa contempla opção de compra

Após uma temporada em que brilhou ao serviço do Sporting B, apesar da despromoção ao Campeonato de Portugal, Rafael Barbosa vai dar um passo adiante na carreira e estrear-se na I Liga pela mão do Portimonense.

34 jogos e oito golos pelos bês leoninos, assim como duas presenças no banco da equipa principal na Liga Europa – diante de Plzen (fora) e Atlético Madrid (casa) – constituem o registo de 2017/18 deste futebolista nascido há 22 anos em Amarante.

terça-feira, 10 de julho de 2018

Cristiano Ronaldo faz bem em ir para a Juventus?

A imagem utilizada pela Juventus para anunciar CR7
Aconteça o que acontecer, é a grande bomba do mercado de transferências deste verão. Cristiano Ronaldo, detentor do prémio de melhor jogador do mundo pela quinta, deixa o Real Madrid ao fim de nove anos para assinar pela Juventus.

Sobre o novo rumo que vai dar à carreira, aos 33 anos, as opiniões dividem-se. Uns considerariam mais acertada a permanência no tricampeão europeu, outros preferiam um destino diferente. Um pouco por todo o planeta, vão-se pesando os prós e os contras da decisão do internacional português.


domingo, 8 de julho de 2018

O erro que trocou as voltas ao campeonato. E outros, da FIFA à Champions

O nove que na verdade era um seis
O sorteio do calendário da I Liga 2018/19, esta sexta-feira, ficou marcado por um erro que obrigou à sua repetição. Tudo aconteceu quando uma das assistentes que tirava os números da chave que daria origem ao calendário mostrou o número nove, que na verdade era um seis. Ou seja, virou o papel ao contrário. A chave anunciada como 219894, deveria ser, na realidade, 219864.

"Este sorteio teve um erro e o calendário que foi gerado não é o correto. Haverá um novo calendário. Tivemos um erro de leitura e um número foi virado. Pedimos desculpa. Por uma questão de transparência temos de criar um novo calendário quer para a I Liga quer para a II Liga", justificou Sónia Carneiro, diretora executiva da Liga.

sábado, 7 de julho de 2018

Pelé, o construtor, para o meio-campo do Mónaco de Leonardo Jardim

Pelé assinou por cinco temporadas pelo Mónaco
Não foi uma das revelações da I Liga em 2017/18 porque já há várias épocas que andava pelo campeonato português, mas Pelé foi certamente um dos jogadores que mais evolui durante a última temporada, beneficiando da ideia de jogo do Rio Ave de Miguel Cardoso.

À frente da defesa, integrado num duplo pivot geralmente formado com Tarantini, era o internacional guineense que tinha como missão baixar entre os centrais para iniciar a construção dos ataques, funcionando como um organizador de jogo a partir de zonas recuadas.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

O sábio e generoso Bully Ray

Bully Ray é um dos melhores ao microfone

Bully Ray (ou Bubba Ray Dudley, como preferirem) tem uma carreira fantástica. Entre ECW, WWE, TNA e aparições esporádicas por outras companhias, contam-se mais de duas dezenas de títulos de equipas, além de duas introduções em Hall Of Fame e inúmeros combates memoráveis e distinções pela crítica especialista em pro wrestling. No entanto, olhando para o que mostrou nos últimos oito anos a solo e para o que já mostrava enquanto wrestler de tag team, dá a impressão de que passou ao lado de uma carreira ainda maior.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Arsenal. Unai Emery a construir a casa a partir do chão

Lichtsteiner, Sokratis e Leno são os primeiros reforços

Depois de anos a fio com Arsène Wenger a esbanjar dinheiro em futebolistas de ataque, ora para entrarem de caras no onze ora para fazerem sombra aos titulares, Unai Emery (ex-PSG) parece focado em reforçar o setor defensivo nos seus primeiros tempos ao leme do Arsenal.

Não é para menos. Não tem sido por falta de poder de fogo nos últimos 30 metros que os gunners não têm aguentado a pedalada de Manchester City, Manchester United, Liverpool e dos vizinhos Tottenham e Chelsea. Van Persie, Giroud, Welbeck, Ozil, Alexis Sánchez, Walcott ou mais recentemente Lacazette e Aubameyang, cada um ao seu estilo, têm ajudado a manter intacta a identidade ofensiva da formação do norte de Londres.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

The Young Bucks. Os carismáticos bailarinos voadores

A melhor tag team desde 2014 para o Wrestling Observer
Não há dupla como os The Young Bucks. Não há – nem sei se houve e muito menos se haverá – uma tag team no pro wrestling norte-americano que faça de um combate candidato a melhor do ano… ainda antes dele começar. Não há uma parelha que tenha provocado tantas vezes o cântico “Fight Forever!”.

Ainda me lembro quando eles integraram a TNA em 2009 – então como Generation Me -, mas é na Ring Of Honor que têm encontrado o palco ideal para brilhar e ganhar o estatuto de uma das melhores equipas do business. Na ROH, encontraram uma promotora com tradição em tag team wrestling, capaz de lhes dar destaque e tempo de antena, e um público aficionado pelo estilo da parelha composta pelos irmãos Matt (o moreno) e Nick Jackson (o loiro).

terça-feira, 3 de julho de 2018

Alfa Semedo. Um diamante cada vez mais polido a pensar na sucessão de Fejsa

Alfa Semedo assinou por cinco temporadas pelo Benfica

Oriundo do Vilafranquense (Campeonato de Portugal) e com passagem pela formação do Benfica, Alfa Semedo chegou há um ano à I Liga pela porta do Moreirense, pegou de estaca na equipa, foi uma das revelações do campeonato e adquiriu o bilhete de regresso à Luz, tendo sido anunciado esta terça-feira como reforço para 2018/19.

As declarações do seu então treinador Sérgio Vieira, em janeiro, dizem quase tudo sobre ele: “Não tenho dúvidas de que vai ser jogador de clube grande e ainda o vamos aplaudir na Seleção Nacional. (…) Mas não nos podemos esquecer que tem 20 anos e veio do Campeonato de Portugal. Ainda não tem maturidade na tomada de decisão.”

segunda-feira, 2 de julho de 2018

ROH | Best In The World 2018

Dalton Castle, Briscoes, Punishment Martínez e The Kingdom continuam campeões



Data: 29 de junho de 2018
Arena: UMBC Event Center
Localidade: Catonsville, Maryland