quarta-feira, 12 de outubro de 2016

WWE | No Mercy 2016

AJ Styles continua campeão mundial e Ziggler salva carreira



Data: 9 de outubro de 2016
Arena: Golden 1 Center
Localidade: Sacramento, Califórnia



WWE World Championship:
AJ Styles (c) vs. John Cena vs. Dean Ambrose
Autêntico triple threat match, sem alianças, com as ameaças a surgirem de todo o lado. Sem tempo a perder, os três começaram por tentar aplicar os seus finishers, mas sem sucesso.
Combate absolutamente caótico, emotivo e recheado de golpes espetaculares, sem que se perdessem valores como o selling ou a coerência.
Cena esteve bastante perto para vencer após ter afastado Styles do ringue com um AA e depois de ter aplicado um AA em Ambrose, mas este conseguiu safar-se do pin fall. Styles também esteve pertíssimo do triunfo após um 450 Splash em Ambrose, mas este voltou a safar-se.
Em mais um grande momento na contenda, Cena e Ambrose aplicaram submissões simultâneas em Styles, fazendo-o desistir. Mas como só um homem podia vencer, o combate continuou.
Numa fase em que parecia que a vitória ia sorrir a Cena ou Ambrose, Cena aplicou um AA em Ambrose a partir da corda superior, mas quando se preparava para o cover foi intercetado por duas violentas cadeiras do campeão, que de imediato avançou para o pin fall.
Vencedor: AJ Styles
Nota: 9/10


Nikki Bella vs. Carmella
Para contrastar com o opener, um combate feminino muito pouco interessante. Não que tenha sido mau de todo, porque já se viu bem pior das divas da WWE, mas contrastou em absoluto com a contenda anterior. Duelo sem história e que não vai ficar para a história.
Vencedora: Nikki Bella
Nota: 4/10


Smackdown Tag Team Championship:
Heath Slater & Rhyno (c) vs. The Usos (Jimmy e Jey Uso)
Bom combate de tag team, em que esteve sempre presente o facto de o título poder trocar de mãos. Houve intensidade, emoção e o triunfo da improvável dupla Slater/Rhyno.
Vencedores: Heath Slater & Rhyno
Nota: 6/10


Jack Swagger vs. Baron Corbin
Combate aborrecido com um ou outro bom momento.
Vencedor: Baron Corbin
Nota: 4,5/10


Intercontinental Championship:
(Se Dolph Ziggler perder, terá de se retirar)
The Miz (c) vs. Dolph Ziggler
Combate title vs. career, no qual o campeão The Miz se apanhou a dominar e, em determinado momento, até se deu ao luxo de provocar Daniel Bryan, imitando alguns dos seus golpes característicos.
Por estar muito em jogo, foi um duelo recheado de emoção, com o sempre brilhante selling de Ziggler a ajudar ao espetáculo, vendendo cada momento e cada golpe como se fossem reais.
Após Miz ter imitado os famosos pontapés de Bryan, Ziggler aproveitou o excesso de confiança para aplicar o Zig Zag, mas sem que a consequência disso não fosse além da near fall. Miz respondeu com um Skull Crushing Finale depois de Maryse ter disparado um spray para os olhos de Ziggler, mas este ainda teve o discernimento de pôr um pé na corda.
Kenny e Nicky dos Spirit Squad interferiram e causaram distração a Ziggler, mas acabaram por ser expulsos da zona adjacente ao ringue e distrair o próprio Miz, que ficou a dormir após um pontapé certeiro de Ziggler, que depois do Superkick se sagrou campeão.
Vencedor: Dolph Ziggler (novo campeão)
Nota: 8,5/10


Naomi vs. Alexa Bliss
Mais um combate desinteressante da divisão feminina, com um final que soou a apressado.
Vencedora: Naomi
Nota: 3/10


Randy Orton vs. Bray Wyatt
Combate banal para ser main-event de um PPV, sem títulos em jogo ou uma rivalidade muito desenvolvida. O grande momento da contenda acabou por ser a aparição de Luke Harper, regressado de lesão. Wyatt aproveitou essa distração causada em Orton para executar o Sister Abigail.
Vencedor: Bray Wyatt
Nota: 5,5/10



Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...