quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Hugo Machado, 38 anos. O que ainda poderá dar ao Cova da Piedade e à II Liga?

Hugo Machado vai voltar às ligas profissionais portuguesas
Lembro-me de ver Hugo Machado a assumir-se como o patrão do meio-campo do Sporting B. Era um médio com personalidade, que chegava à frente, que organizava o jogo e que gostava de armar o remate de meia distância. O meu falecido pai gostava muito de o ver em ação naquela altura, na Academia ou nos jogos frente ao Barreirense no antigo Estádio Dom Manuel de Mello, na II Divisão B – Zona Sul.

Agora, mais de uma década e meia depois, o antigo centrocampista dos quadros dos leões continuou de tal forma a dar cartas no terceiro escalão, desde 2013 denominado por Campeonato de Portugal, que, com 38 anos nas pernas e uma vasta experiência acumulada ao longo de uma carreira passada em grande parte no estrangeiro, deu novamente o salto para a II Liga. Isto porque o experientíssimo treinador Toni Pereira foi contratado para o Cova da Piedade e não hesitou em recrutar o organizador de jogo que tanta ajuda lhe deu nas três últimas épocas quando ambos coincidiram no Oriental, Real SCLoures.






Talvez não tivesse tido a carreira que se esperava quando fazia parte da formação leonina e somou oito internacionalizações pela seleção nacional sub-15 ou quando capitaneava o Sporting B na antiga II Divisão B, mas promete acrescentar valor ao Cova da Piedade e à II Liga depois de passagens por Estrela da Amadora e Barreirense (ambos II Liga), Apollon Limassol, Olympiakos Nicosia e Alki Larnaca (Chipre), Naval (I Liga), Zob Ahan e Sanat Naft (Irão), Churchill Brothers (Índia), Kallithea, Xania e OFI Creta (Grécia) e Oriental, Real SC e Loures (Campeonato de Portugal).























Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...