segunda-feira, 22 de março de 2021

WWE | Fastlane 2021


Data: 21 de março de 2021
Arena: Tropicana Field
Localidade: São Petersburgo, Flórida
  
WWE Women's Tag Team Championship:
Nia Jax e Shayna Baszler (c) vs. Sasha Banks e Bianca Belair
Combate em que Sasha Banks e Bianca Belair sentiram dificuldades em impor-se perante as mais poderosas Nia Jax e Shayna Baszler, mas nunca por falta de entendimento.
No entanto, a dada altura Nia Jax interrompeu um assentamento de Sasha em Baszler ao atirar Bianca para cima de Sasha e aí começou o desentendimento entre as adversárias na WrestleMania 37. Sasha disse a Bianca para não entrar em ringue e esta hesitou em fazê-lo quando Baszler surpreendeu Sasha com o roll-up que haveria de dar a vitória às campeãs.
Vencedoras: Nia Jax e Shayna Baszler
Nota: 5,5/10
 
 
WWE Intercontinental Championship:
Big E (c) vs. Apollo Crews
Big E dominou por completo o combate desde os instantes iniciais, neutralizando um Apollo Crews com uma renovada atitude.
No entanto, o campeão intercontinental foi traído pelo próprio ímpeto e a partir daí sofreu um pouco nas mãos de Apollo.
Ainda assim, Big E conseguiu vencer através de um assentamento surpreendente e algo confuso, que deixou toda a gente na dúvida sobre quem tinha realmente vencido.
Após o combate, Apollo continuou a atacar Big E, o que leva a crer que a rivalidade entre os dois continuará.
Vencedor: Big E
Nota: 4,5/10
 
 
Braun Strowman vs. Elias
Elias substituiu Shane McMahon, mas não inicialmente conseguiu dar grande luta a Braun Strowman. Só depois da interferência de Ryker é que conseguiu dar um ar de sua graça, mas acabou derrotado após um Running Powerslam.
Vencedor: Braun Strowman
Nota: 4/10
 
 
Shinsuke Nakamura vs. Seth Rollins
Combate completamente controlado por Seth Rollins nos primeiros minutos. Porém, Rollins foi traído pelo excesso de confiança e caiu nas garras de Nakamura, que assim conseguiu responder ao domínio inicial do adversário e aplicar alguns dos seus principais golpes.
No entanto, The Architect conseguiu reequilibrar o combate e alcançar o triunfo após um Curb Stomp.
Vencedor: Seth Rollins
Nota: 6,5/10
 
 
No Holds Barred match:
Drew McIntyre vs. Sheamus
Um Escócia-Irlanda num ringue da WWE, uma autêntica batalha que se estendeu para a zona adjacente ao ringue e para locais onde, numa situação que não a pandémica, seria suposto estar público.
A dada altura, McIntyre atirou Sheamus para cima de uma plataforma com alguns aparelhos eletrónicos, o que resultou numa pequena explosão. Na resposta, Sheamus aplicou um Brogue Kick e em seguida um White Noise em cima de uma mesa de comentadores.
No regresso ao ringue, o irlandês parecia ter a situação plenamente controlada, mas McIntyre aplicou um Future Shock DDT em cima de um pedaço de uma das mesas de comentadores e um Claymore.
Uma vitória esperada, para reforçar a imagem de McIntyre a poucas semanas da WrestleMania 37.
Vencedor: Drew McIntyre
Nota: 7/10
 
 
Intergender match:
Alexa Bliss vs. Randy Orton
Não foi uma produção cinematográfica, mas pouco faltou, tendo em conta a iluminação muito própria, queda de objetos e arremesso de bolas de fogo pela boca. Pessoalmente, gosto de um produto mais realista.
“The Fiend” apareceu em cena e aplicou um Sister Abigail em Orton, tendo Alexa Bliss aproveitado para fazer o assentamento vitorioso.
Vencedora: Alexa Bliss
Nota: 0/10
 
 
WWE Universal Championship:
Roman Reigns (c) vs. Daniel Bryan
(Edge como special guest enforcer)
Daniel Bryan começou o combate a procurar submissões, enquanto Roman Reigns confiava mais no seu maior poderio físico para fazer mossa no adversário.
A dada altura, Reigns assumiu por completo o controlo das operações durante largos minutos, frustrando todas as tentativas de contra-ataque por parte de Bryan.
No entanto, Bryan lá conseguiu o comeback e causar danos em Reigns, aproveitando muito a força da gravidade e o próprio ímpeto do campeão. Depois de vários golpes com algum impacto, Bryan prendeu Reigns no Yes Lock e esteve perto de alcançar uma vitória por submissão, mas Reigns encontrou forma de sair da submissão.
Depois Bryan tentou aplicar um Running Knee, mas acertou no árbitro, o que levou a que Edge assumisse o papel de juiz do combate. Bryan voltou a prender Reigns num Yes Lock, mas aí Jey Uso apareceu em cena para evitar que o primo desistisse.
Daniel Bryan deu conta de Uso com um Running Knee e várias cadeiradas, mas quando pretendia acertar em Reigns voltou a errar o alvo e acertou em Edge. Pouco depois, prendeu Reigns num Yes Lock e chegou a fazê-lo desistir, mas Edge não viu e ainda utilizou uma cadeira para lhe bater. Frustrado, o Rated-R Superstar utilizou a cadeira para atacar tanto Reigns e Bryan, mas fez mais estragos em Bryan, o que levou a que Reigns conseguisse o assentamento vitorioso.
Tudo indica que os três se defrontem na WrestleMania num triple threat match.
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 7,5/10
 

 



Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...