quinta-feira, 5 de maio de 2016

WWE | Payback 2016

Roman Reigns retém o título da WWE



Data: 1 de maio de 2016
Arena: Allstate Arena
Localidade: Rosemont, Illinois



Combate pela posição de candidatos principais ao WWE Tag Team Championship:
Enzo Amore & Colin Cassady vs. The Vaudevillains (Aiden English e Simon Gotch)
Combate começou entretido, mas a boa atmosfera criada depressa desvaneceu com a lesão de Enzo Amore, que embateu com bastante intensidade com a cabeça na corda inferior.
Vencedores: -
Nota: -


Sami Zayn vs. Kevin Owens
Apesar do sucedido com Enzo Amore, o público de Chicago manteve-se quente, como é seu apanágio, vivendo de forma bastante audível as emoções deste combate.
Duelo muito entretido, intenso e emocionante. Nem com o Blue Thunder Bomb, Sami Zayn levou de vencida. Kevin Owens respondeu com um Frog Splash brutal, mas também não alcançou o desejado assentamento.
Depois assistiu-se a uma fase eletrizante, de parada e resposta. Zayn ganhou algum ascendente com um Back Body Drop na borda do ringue e um Running DDT junto à mesa de comentadores, mas acabou por cair no Pop-up Powerbomb que deu o triunfo a Owens.
Vencedor: Kevin Owens
Nota: 9/10


WWE Intercontinental Championship:
The Miz (c) vs. Cesaro
Com alguma arrogância até, Cesaro dominou o combate nos instantes iniciais, fazendo o que quis de The Miz. Só após uma interferência de Maryse é que o campeão intercontinental alterou o rumo dos acontecimentos.
Após alguns minutos em que Miz o teve sob controlo, Cesaro soltou as masmorras e conseguiu o seu comeback, entusiasmando a já por si entusiasmada plateia de Chicago.
Ainda assim, com alguma astúcia, Miz teve a oportunidade aplicar o Skull Crushing Finale, executou-o, mas não passou de near fall. Na resposta, o campeão sofreu o Swing e depois o Crossface. Miz chegou a desistir, mas o árbitro estava ocupado a separar Owens e Zayn que lutavam na borda do ringue, e não viu. Frustrado, Cesaro foi reclamar, mas acabou surpreendido por um roll-up rápido de Miz, que assim venceu.
Vencedor: The Miz
Nota: 6/10


Dean Ambrose vs. Chris Jericho
Combate disputado a um ritmo mais pausado, comparativamente com os anteriores. Tendo em conta o gabarito dos intervenientes, estes tiveram sobretudo a preocupação de jogar com as emoções dos fãs, provocando-se mutuamente e interagindo com a plateia.
Com o seu desenrolar, o duelo foi ganhando espetacularidade, intensidade e emoção. Ambos aplicaram golpes com algum impacto, mas a contenda só terminou quando Ambrose executou um Dirty Deeds praticamente vindo do nada.
Vencedor: Dean Ambrose
Nota: 7/10


WWE Women’s Championship:
Charlotte (c) vs. Natalya
Pertenceu a Natalya um domínio inicial, mas com o tempo e alguma manha Charlotte foi tomando conta das ocorrências, aproveitando para castigar as pernas da adversária e lançar algumas provocações à plateia e a Bret Hart.
Charlotte foi dominando, dominando, mas Natalya ia resistindo. Até ao momento em que o árbitro Charles Robinson fez tocar a campainha, reeditando o Montreal Screwjob em Chicago.
                                                               Vencedora: Charlotte        
Nota: 5/10


WWE World Heavyweight Championship:
Roman Reigns (c) vs. AJ Styles
Público maioritariamente do lado de AJ Styles. Mas por se apresentarem ambos como face, os primeiros minutos de combate foram um autêntico concurso de popularidade, na procura de obter reações.
O combate foi aumentando gradualmente de intensidade, mas foi de forma totalmente espontânea que AJ Styles aplicou o Flying Forearm para cima da mesa de comentadores, custando a Roman Reigns a derrota por Count-Out.
Contudo, Shane McMahon não permitiu que o combate terminasse por essa via e ordenou que o duelo fosse retomado, desta feita sem possibilidade de desqualificação por Count-Out. AJ assumiu o comando das operações, mas viu o seu 450 Splash esbarrar nos joelhos do campeão.
Entretanto, Reigns acertou em Styles com um soco onde dói mais e acabou desqualificado. Mas desta vez foi Stephanie McMahon a aparecer e a ordenar que a contenda prosseguisse, mas sem desqualificações.
Com rédea solta, ambos estiveram algum tempo fora do ringue. No regresso, Reigns apanhou Styles a meio do ar com um Superman Punch, mas ainda assim sem conseguir o triunfo. Seguiu-se um segundo Superman Punch e… a interferência de Karl Anderson e Luke Gallows, a atacarem Reigns.
Styles aproveitou a situação para recuperar fôlego e executar o Flying Forearm, mas Reigns colocou o pé na corda e evitou a derrota. Depois apareceram os Usos, a equilibrarem a balança.
Ainda assim AJ Styles conseguiu tirar proveito e aplicou um novo Flying Forearm e um 450 Splash, mas Reigns safou-se no pin fall e conseguiu executar o Spear que lhe deu a vitória.
Com algum overbooking à mistura, é certo, mas um grande combate!
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 8,5/10





Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...