terça-feira, 12 de novembro de 2019

AEW | Full Gear

Jon Moxley vence combate arrepiante com Kenny Omega; Chris Jericho continua campeão



Data: 9 de novembro de 2019
Arena: Royal Farms Arena
Localidade: Baltimore, Maryland




Combate que até começou bem junto ao tapete, mas que os The Young Bucks levaram para o espaço aéreo depois de alguns minutos. Consequentemente, o ritmo foi aumentando, sobretudo após vários Suplexes consecutivos por parte de Matt Jackson.
A dada altura, os Young Bucks pareciam estar encaminhados para a vitória, preparando-se para o Meltzer Driver, mas Nick falhou o Springboard e lesionou-se. Santa e Ortiz ganharam aí alguma vantagem e acabaram mesmo por alcançar o triunfo após um Street Sweeper.
Vencedores: Santana & Ortiz
Nota: 7,5/10


Adam Page vs. Pac
Combate repleto de agressividade, com ambos a mostrarem grande vontade de magoar o adversário, privilegiando a eficácia dos golpes em detrimento da espetacularidade. Exemplo disso foi o Suplex que Pac aplicou para cima de uma cadeira numa passagem de ambos pelo exterior do ringue.
Depois de várias ocasiões em que ambos estiveram perto da vitória, foi Adam Page a sorrir depois de aplicar um Dead Eye.
Vencedor: Adam Page
Nota: 6,5/10


Joey Janela vs. Shawn Spears
Combate interessante, entre dois lutadores versáteis. Shawn Spears a prender o cabelo de Joey Janela com a corda de um dos cantos foi um dos spots mais originais que vi nos últimos tempos.
Mais matreiro e sem problemas em fazer batotice, Spears contou com a ajuda de Terry Blanchard para aplicar um Piledriver fora do ringue e completou a ofensiva com um Death Valley Driver no interior do ringue, aplicando o assentamento em seguida.
Vencedor: Shawn Spears
Nota: 6/10


AEW World Tag Team Championship:
SoCal Uncensored (Frankie Kazarian e Scorpio Sky) (c) vs. Lucha Brothers (Pentagon Jr. e Fenix) vs. Private Party (Isiah Kassidy e Marq Quen)
Combate disputado a um ritmo elevado, pelas trocas constantes entre os elementos das três equipas e pelos perfis dos seis lutadores. Todas as tag teams brilharam, protagonizando momentos de grande qualidade, mas a vitória sorriu aos campeões SCU, que foram mais astutos.
Vencedores: SoCal Uncensored (Frankie Kazarian e Scorpio Sky)
Nota: 7,5/10


AEW Women's World Championship:
Riho (c) vs. Emi Sakura
Combate muito técnico, embora a diferença de estaturas sugerisse outro tipo de abordagem, sobretudo por parte da campeã Riho, que não evitou o contacto nem se limitou a utilizar a força da gravidade para atacar.  
A reta final do duelo ficou marcada por várias sequências, contra-ataques e near falls, com Riho a surpreender Sakura com um pin fall rápido.
Vencedora: Riho
Nota: 5,5/10


AEW World Championship:
(Se Cody perder, nunca mais voltará a lutar pelo título)
Chris Jericho (c) vs. Cody
Fase inicial do combate marcada pelos mind games e pelo chain wrestling, com os lutadores muito próximos. E assim que se afastaram um pouco, Cody aproveitou para aplicar um Suicide Dive e logo a seguir um Missile Dropkick.
Quando se preparava para mais um voo, Cody falhou o alvo e embateu com a cara na rampa, jorrando sangue em seguida, algo que foi aproveitado por Jericho, que procurou causar ainda mais estragos na cabeça do American Nightmare.
De volta ao interior do ringue, Cody tornou a tentar um Moonsault mas Jericho voltou a escapar ao golpe e ganhou aí balanço para controlar as operações durante mais uns minutos.
Já depois de Cody ter ripostado, Jericho aproveitou uma distração da árbitra causada pela expulsão de Jack Hager da zona adjacente ao ringue para atingir Cody com o cinturão, mas não conseguiu o assentamento vitorioso. Cody respondeu com um Cross Rhodes, mas Y2J também fez o kick out.
Depois de ter recuperado algum fôlego, Cody partiu para o Disaster Kick, mas foi intercetado por um Codebreaker. Ainda assim, o finisher não deu a vitória ao campeão.
Frustrado, Jericho retirou o seu cinto e atingiu Cody com umas cintadas e pouco depois aplicou a submissão que conhecemos de outras paragens por Walls Of Jericho, mas Cody chegou às cordas. Depois de uma desavença com a árbitra, Jericho voltou à carga, aumentando ainda mais a pressão sobre o pescoço de Cody, mas MJF atirou a toalha ao chão e acabou por atribuir a vitória a Jericho.
Vencedor: Chris Jericho
Nota: 8/10


Non-sanctioned match:
Jon Moxley vs. Kenny Omega
Combate violento, com ambos a recorrerem a objetos e a não terem qualquer tipo de remorsos na hora de magoar o adversário. Um taco de beisebol envolto em arame farpado, um caixote do lixo, uma corrente e pedaços de vidro foram alguns dos objetos utilizados.
Omega espalhou vidros no tapete e foi lá que caiu Moxley após um Spinebuster mas também o próprio Omega após um German Suplex, em dois dos muitos spots arrepiantes que o duelo teve. Pouco depois, Omega utilizou uma chave de fendas para fazer um corte na testa de Moxley.
Adam Page e os Young Bucks apareçam em cena, aparentemente para acalmar a forma doentia como Omega estava a conduzir o combate, mas depois trouxeram uma estrutura envolta em arame farpado, para onde ambos caíram depois de um Suplex aplicado por Moxley.
No regresso ao ringue, ambos desviaram o tapete e expuseram a madeira, onde aplicaram várias projeções, incluindo o Lifted Paradigm Shift que deu a vitória a Moxley.
Vencedor: Jon Moxley
Nota: 8,5/10





















#AEW #AllElliteWrestling #AEWFULLGEAR

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...