sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Liga dos Campeões | Sporting 2-5 Barcelona

Antes de mais peço desculpa por não ter postado isto ontem ou mesmo na quarta-feira mas foi-me impossivel.

O Sporting recebeu na passada quarta-feira o Barcelona num jogo a contar para a Liga dos Campeões, ambas as equipas já estavam apuradas para a próxima fase e era de esperar que jogassem descontraídas já que a única coisa que estava em jogo era o 1º lugar e para todos os efeitos, isso pouco importava.

Devido ao cansaço acumulado no jogo frente à Naval em que os leões acabaram o jogo com menos dois e porque este fim-de-semana há um jogo importante a contar para o campeonato não seria estranho se Paulo Bento fizesse descansar alguns jogadores mas tal não aconteceu, mais uma prova de má gestão de esforço dos jogadores por parte do treinador.
Já Josep Guardiola, treinador do Barcelona, fez descansar jogadores como Samuel Eto'o e pôs a jogar jovens pouco utilizados como Piqué ou Busquets.

O Sporting até nem entrou mal e até sofer o primeiro golo obtido por Thierry Henry, podia-se dizer que estava a controlar o jogo.
A equipa do Barcelona marcou o segundo três minutos depois, numa infelicidade de Anderson Polga que introduziu a bola na própria baliza.
A partir daí os jogadores leoninos tiveram uma atitude passiva no terreno no jogo, deixando os seus adversários a jogar à vontade.
Veio o intervalo e a equipa do Sporting subiu no terreno e começou a jogar melhor mas na sequência de um livre indirecto marcado de uma forma algo batoteira, Messi introduz a bola na baliza verde-branca.
A equipa portuguesa não desistiu e cerca de 15 minutos depois consegue o golo na sequência de um livre directo extremamente bem marcado por Miguel Veloso.
Um minuto depois, num passe em profundidade pelo ar, Liedson fica isolado e coloca o jogo em 2-3.
No minuto seguinte, ao tentar cortar uma bola, Caneira introduz a bola na própria baliza num golo à "ponta-de-lança".
Foi um completo balde de água fria para o Sporting mas a equipa da casa não desistiu apesar de não conseguir marcar.
Minutos depois Rui Patricio faz falta dentro da grande área e é expulso, sendo assinalada uma grande penalidade para o Barcelona que com alguma sorte Bojan Krkic transformou em golo.

Com a vitória por 5-2, o Barcelona garante desde já o primeiro lugar do grupo quando ainda falta jogar uma jornada.


Eis a constituição das equipas:

Sporting:
Rui Patricio; Caneira, Daniel Carriço, Anderson Polga e Grimi; Miguel Veloso, Pereirinha, João Moutinho e Romagnoli (Derlei '46); Yannick Djaló (Tiago '72) e Liedson (Hélder Postiga '79).

Barcelona: Victor Valdés; Daniel Alves, Marquez, Piqué e Cáceres; Xavi (Keita '74), Hleb e Busquets; Gudjohnsen, Messi (Pedrito '57) e Henry (Bojan '46).

Golos:
0-1 Henry '14
0-2 Polga p.b. '17
0-3 Messi '49
1-3 Miguel Veloso '65
2-3 Liedson '66
2-4 Caneira p.b. '67
2-5 Bojan Krkic '73 g.p.

Acção disciplinar:
Cartão amarelo mostrado a Caneira '54; Busquets '33 e Márquez '63.
Cartão vermelho mostrado a Rui Patricio '71


Videos:

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...