quinta-feira, 3 de maio de 2012

WWE | Extreme Rules 2012


Data: 29 de Abril de 2012
Arena: Allstate Arena
Cidade: Chicago, Illinois



Kane vs. Randy Orton (Falls Count Anywhere match)
Bom combate de abertura, favorecido pela sempre boa reação do público de Chicago, que também teve o seu mérito na contenda. Com a história da máscara e com “push” recente (que já dura há uns quatro/cinco meses), parece-me que Kane está a ser visto de uma forma mais temível, e pela frente esteve o já há algum tempo arredado de “main-events” mas sempre como uma figura de topo, e embora geralmente estes dois não introduzam um ritmo muito elevado, estiveram bem e conseguiram construir algo muito decente.
Vencedor: Randy Orton
Nota: 6/10


Dolph Ziggler vs. Brodus Clay
Bom combate para a duração que teve, com os fãs bem dentro da contenda. Ultimamente tenho deixado de seguir tanto wrestling em geral e WWE, e foi com agrado que vi estes dois a trabalhar, já que eram dos que cuja evolução me estava a agradar mais.
Vencedor: Brodus Clay
Nota: 5,5/10


Intercontinental Championship: Big Show (c) vs. Cody Rhodes (Tables Match)
Odeio “gimmick matches” que não credibilizem o vencedor, e este foi um desses casos… Cody Rhodes não pode ter nenhuma dignidade como campeão quando ganhou desta forma.
Ao menos, que seja para a “feud” ter no futuro um final mais decente.
Vencedor: Cody Rhodes (novo campeão)
Nota: 4/10


World Heavyweight Championship: Sheamus (c) vs. Daniel Bryan (2 out of 3 Falls match)
Dos melhores combates que eu vi nos últimos anos!
Houve técnica, história, espetacularidade e um fio condutor notável.
Quando Bryan percebeu que o ombro de Sheamus não estava no melhor estado, abdicou de uma “fall” para causar ainda mais dano, que é como quem diz, tentou dar um passo atrás para dar dois em frente, e assim foi, fazendo o irlandês desistir com o “YES Lock” e igualando a contenda, mas ainda assim, numa terceira “fall” muito emotiva, perdeu para o “Brogue Kick”.
Vencedor: Sheamus
Nota: 9/10


Aaron Relic & Jay Hatton vs. Ryback
Goldberg 2.0? Já não via um “show” da WWE há algum tempo, quero acompanhar a evolução do antigo Skip Sheffield, resta saber se será mais um “powerhouse” dos tantos que tiveram insucesso na companhia ou se um “Next Big Thing”.
Vencedor: Ryback
Nota: -


WWE Championship: CM Punk (c) vs. Chris Jericho (Chicago Street Fight)
Grande, mas grande “Street Fight”! Se a troca de murros iniciais estava a parecer pouco legitima, o aumento de intensidade provocado pelo envolvimento da irmã de Punk e a sucessão de “big moves” deu mesmo a impressão de estes dois quererem matar-se um ao outro, e isso excitou a plateia e também a mim como espectador via PC.
Vencedor: CM Punk
Nota: 8/10


Divas Championship: Nikki Bella (c) vs. Layla
Combate feminino nada de especial, com Layla a mostrar alguns novos “moves”. Vamos ver o que faz quando recuperar a ferrugem.
Vencedora: Layla (nova campeã)
Nota: 1,5/10


John Cena vs. Brock Lesnar (Extreme Rules match)
Acho que nunca vi um combate que me esbugalhasse tanto os olhos pelo efeito legítimo que quiseram causar, e que de facto criou em mim um certo medo deste Brock Lesnar, um animal que parecia querer matar outro, tentando-o por inconsciente e partindo-lhe o braço por exemplo, e tudo de uma forma tão… legítima. Talvez a pouca ofensiva de Cena e os períodos em que ele foi atendido pelo árbitro impedem de lhe dar uma classificação perfeita.
Vencedor: John Cena
Nota: 9,5/10



1 comentário:

  1. Visitem o facebook de apoio a João Moutinho!
    www.facebook.com/joaomoutinhofans

    ResponderEliminar