quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Será que ainda ninguém reparou em Cláudio Ramos?

Cláudio Ramos vai para a oitava época à Tondela

Já com sete anos de casa, dos quais os últimos três na I Liga, Cláudio Ramos vai sendo uma das figuras (ou mesmo a principal figura…) do Tondela época após época, mas por lá vai permanecendo sem grande alarido durante as sucessivas janelas de transferências.

Todos os que gostam e trabalham no clube beirão agradecem, mas não deixa de causar estranheza que um guarda-redes que tanto se destaca não entre na lista de potenciais reforços de um emblema de maior dimensão. Este verão ainda se falou do Vitória de Guimarães, onde concluiu a formação, mas apenas em caso de Douglas, o que (ainda) não veio a acontecer.


Uns poderão argumentar que o guardião de 26 anos é baixo, mas o que se vai vendo semana após semana é que o seu 1,82 m é mais do que suficiente para fechar a baliza tondelense. Segundo o portal GoalPoint, na última época foi o guarda-redes com mais defesas por 90 minutos na I Liga (3,47).

É verdade que o seu jogo de pés ainda foi pouco testado, mas não pode ser isso que pode travar a ascensão de alguém cuja principal função é evitar os golos adversários, parâmetro no qual tem estado entre os melhores do futebol português.

Seguro, elástico, inteligente a decidir para onde socar a bola e com reflexos apuradíssimos, vai acumulando defesas que têm tanto de importantes como de espetacular. E não, não é de voar para a bola só para a fotografia. Se puder, agarra-a, mas se tiver que esticar-se, pode proporcionar fantásticos momentos de futebol.

Se daqui a uns anos o Tondela já não andar entre os grandes do futebol português, certamente que o emblema beirão será recordado pela simpatia, as duas miraculosas permanências (2015/16 e 2016/17) e por um guarda-redes de grande qualidade, que muito contribuiu para que o clube fosse amealhando mais algumas presenças na I Liga.









Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...