segunda-feira, 7 de abril de 2014

WWE | Wrestlemania XXX

Lesnar quebra streak e Bryan é finalmente campeão



Data: 6 de abril de 2014
Arena: Mercedes-Benz Superdome
Cidade: Nova Orleães, Luisiana



Daniel Bryan vs. Triple H
Bom começo de Daniel Bryan, tentando irritar Triple H, conhecido pela sua pela forma cerebral como aborda os combates. Depois de um período em que o duelo foi mais técnico, tornou-se sobretudo físico, com vários golpes de algum impacto de ambas as partes.
Com o tempo, o The Game foi dominando a contenda, trabalhando no braço esquerdo do seu adversário, silenciando os fãs de Bryan. Depois de reverter um Crossface a seu favor, o Flying Goat ganhou algum ímpeto e iniciou o seu comeback, mas esbarrou num Spinebuster e sofreu em seguida um Pedigree, conseguindo safar-se no pin fall.
O King of Kings continuou a dominar, tentou por várias vezes o segundo Pedigree, mas foi o homem do “Yes!”, com uma joelhada certeira, a alcançar a vitória.
Vencedor: Daniel Bryan
Nota: 7,5/10


The Shield (Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns) vs. Kane e New Age Outlaws (Road Dogg e Billy Gunn)
Combate rápido, praticamente dominado por completo pelos The Shield, terminado com um portentoso Triple Powerbomb nos dois membros dos New Age Outlaws.
Vencedores: The Shield (Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns)
Nota: 4/10


André the Giant Memorial Battle Royal (30-man Battle Royal)
Deu para ver algumas superstars que já nem lembrava que ainda estavam na WWE. Os favoritos foram os que mais brilharam, e sem surpresas, ficaram para o fim. No entanto, foi com alguma admiração que Cesaro resistiu e eliminou Big Show com um Body-Slam, para capitalizar a vitória.
Vencedor: Cesaro
Nota: 5,5/10


John Cena vs. Bray Wyatt
Bray Wyatt começou o embate com mind games, tentando destabilizar Cena, e a verdade é que parece ter surtido efeito, já que vimos o Marine mais nervoso que nunca.
A estrutura do combate não foi novidade nenhuma e tem seguido o fio condutor a que estamos habituados a ver nos últimos nove anos: Cena é dominado durante grande parte do duelo, está várias vezes perto de perder e do nada consegue efetuar um finisher que lhe vale a vitória. Nada de novo.
Vencedor: John Cena
Nota: 5/10


The Undertaker vs. Brock Lesnar
Mais forte no plano físico, mas também cerebral, Brock Lesnar foi neutralizando Undertaker, castigando-lhe o joelho em especial, mas também as restantes partes do corpo.
Passada esta fase, começámos a assistir a um festival de signatures e finishers. Foram os casos de F-5 e Kimura por parte da Beast, e Chokeslam, Hell’s Gate, Last Ride e Tombstone Piledriver da parte do Deadman, com algumas near falls convincentes pelo meio, como tem sido habitual nos combates de Taker na Wrestlemania.
Foi preciso um terceiro F-5 para Lesnar consumar a vitória e deixar toda a gente de boca aberta. Finalmente, a streak foi quebrada.
Vencedor: Brock Lesnar
Nota: 7/10


Divas Championship: AJ Lee (c) vs. Aksana vs. Alicia Fox vs. Brie Bella vs. Cameron vs. Emma vs. Eva Marie vs. Layla vs. Naomi vs. Natalya vs. Nikki Bella vs. Rosa Mendes vs. Summer Era vs. Tamina Snuka (Vickie Guerrero Divas Championship Invitational)
Público não ligou ao combate. Na memória estava ainda a chocante derrota de Undertaker. E claro, ver catorze divas ao molho numa contenda com tão pouca história e que se resumiu a spots individuais das várias lutadoras é tudo menos aliciante. Contra todas as probabilidades, AJ Lee conseguiu reter o título.
Vencedora: AJ Lee
Nota: 3/10


WWE World Heavyweight Championship: Randy Orton (c) vs. Batista vs. Daniel Bryan
Daniel Bryan entrou a todo o gás, animou o público por uns segundos mas depressa a sua frágil condição física o colocou numa situação de desvantagem, proporcionando longos períodos de 1 vs. 1 entre Orton e Batista.
De vez em quando o Flying Goat aparecia de novo, mas era quase sempre neutralizado. Triple H apareceu e aqueceu ainda mais as coisas, impedindo que um árbitro desse a vitória a Bryan por submissão.
A antiga estrela da ROH safou-se de um Batista Bomb e derrubou o The Game com um Suicide Dive e posteriormente com uma marretada, e o público animou-se ainda mais. Parecia que a derrota de Undertaker tinha sido finalmente esquecida pelos fãs.
Ao mesmo tempo que Randy Orton e Batista aliaram-se para aplicar o Batista Bomb e o RKO em simultâneo, na mesa de comentadores, a plateia gritava por CM Punk, mas o pequeno candidato ao título estava mesmo destinado a lutar sozinho.
Enquanto o Viper e o Animal disputavam o ouro mais uma vez em situação de 1 vs. 1, Daniel Bryan estava a ser transportado por uma maca, mas acabou por se libertar e voltou ao combate.
A ponta final foi bastante emocionante, com três Yes Locks, um RKO, dois Running Knees e um Batista Bomb à mistura, mas a o triunfo sorriu a Bryan, que aplicou os seus dois finishers em Batista e fê-lo desistir no centro do ringue.
Vencedor: Daniel Bryan (novo campeão)
Nota: 9/10





1 comentário:

  1. SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )
    http://www.soparaela.net/

    ResponderEliminar