segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

WWE | Elimination Chamber 2018

Strowman elimina cinco lutadores mas é Reigns que vai ao main-event da Wrestlemania 34



Data: 25 de fevereiro de 2018
Arena: T-Mobile Arena
Localidade: Las Vegas, Nevada



Elimination Chamber match pelo WWE Raw Women’s Championship:
Alexa Bliss (c) vs. Bayley vs. Mandy Rose vs. Mickie James vs. Sasha Banks vs. Sonya Deville
Sonya Deville e Bayley abriram as hostilidades, primeiro optando pelo chain wrestling e depois por tentar infligir danos através da estrutura.
Decorridos os cinco minutos iniciais, entrou em cena Mandy Rose, deixando as Absolution numa situação de duas contra uma perante Bayley, que inicialmente estava a dar conta do recado, mas acabou por sofrer na pele o facto de se encontrar em desvantagem numérica.
Sanha Banks foi a senhor que se seguiu, entrando sedenta de magoar Deville e Rose. Contudo, Bayley continuava no chão, deixando com que a força dos números acabasse por voltar a favorecer as Absolution durante alguns minutos. Assim que Bayley se restabeleceu, voltou a sentir-se o equilíbrio, e Sasha Banks aproveitou para eliminar Mandy Rose, fazendo-a desistir via Bank Statement, após um Backstabber.
A eliminação de Mandy Rose coincidiu com a entrada on fire de Mickie James, que aplicou alguns dos seus golpes nas três adversárias em combate. A veterana protagonizou logo a seguir um dos momentos altos da contenda, ao mergulhar do topo de uma das boxes para cima de Sonya Deville através de um Thesz press, acabando por a eliminar. O estado de graça de Mickie, porém, durou pouco tempo, pois foi afastada por Bayley após ter sofrido um Backstabber e um Belly-to-Bayley.
Enquanto respiravam um pouco, Bayley e Sasha contavam os segundos para a entrada da campeã Alexa Bliss, que desde logo se viu numa situação handicap, tal a vontade das duas concorrentes em a eliminar. Sasha e Bayley aparentavam estar a trabalhar em equipa, mas a Boss fez questão de trair a amiga e mostrar que, a partir daquela altura, era cada uma por si. Sasha esteve perto de afastar Bayley após um Frog Splash – e de um Superplex aplicado antes por Alexa Bliss -, mas não passou da near fall. O que não passou da near fall foi um roll-up de Alexa Bliss que surpreendeu e eliminou Bayley, depois de esta ter executado um Belly-to-Bayley a partir da corda superior em Sasha.
A campeã procurou arrumar com Sasha logo de seguida e assegurar a vitória, mas a Boss mostrou resiliência. Depois de uma reta final bastante disputada e emocionante, a matreirice de Alexa Bliss acabou por levar a melhor, capitalizando o triunfo após um DDT.
Vencedora: Alexa Bliss
Nota: 7,5/10


WWE Raw Tag Team Championship:
The Bar (Cesaro e Sheamus) (c) vs. Titus Worldwide (Titus O’Neill e Apollo)
Início de combate a todo o gás, com ação dentro e fora do ringue. Os The Bar foram controlando as operações, isolando Apollo no ringue e impedindo-o de fazer o tag em Titus.
Quando finalmente entrou, Titus fê-lo com ímpeto, mas Cesaro e Sheamus evitaram a derrota e aproveitaram a reentrada de Apollo para o vencer, após um double team bem conseguido.
Vencedores: The Bar (Cesaro e Sheamus)
Nota: 6/10


Asuka vs. Nia Jax
(Se Nia Jax ganhar, será adicionada ao combate pelo WWE Raw Women's Championship na WrestleMania 34)
Asuka entrou invicta para o combate, mas desde cedo que Nia Jax mostrou que é feita de um material diferente daquele que a nipónica tem derrubado desde que chegou à WWE.
Apesar de Nia Jax ter dominado quase todo o duelo, acabou por ser Asuka a levar a vitória, após um surpreendente e rápido pin fall. Ainda assim, a candidata principal ao título feminino da Raw acabou por ser destruída pela adversária após o combate.
Vencedora: Asuka
Nota: 5,5/10


Matt Hardy vs. Bray Wyatt
Confronto de duas personagens bizarras, com um início pouco credível, com Bray Wyatt a aparecer em ringue no lugar de Matt Hardy, após as luzes se terem apagado.
Com o passar do tempo, Wyatt foi assumindo o controlo das operações, dominando Matt Hardy a bel-prazer. Porém, apesar de ter estado na mó de baixo durante muito tempo, Hardy conseguiu chegar à vitória após um Twist Of Fate.
Vencedor: Matt Hardy
Nota: 5/10


Elimination Chamber match:
(vencedor terá direito a combate pelo WWE Universal Championship na WrestleMania 34)
Braun Strowman vs. Elias vs. Finn Bálor vs. John Cena vs. Roman Reigns vs. Seth Rollins vs. The Miz
The Miz, Bálor e Rollins abriram as hostilidades, no primeiro Elimination Chamber de sempre com sete elementos. Sem eliminações ainda a registar, John Cena juntou-se ao trio, começou por encarar Rollins e aplicou alguns dos seus principais golpes ao The Architect.
Com os quatro homens no chão devido a Superplexes de John Cena e Seth Rollins, Roman Reigns entrou em cena, distribuindo socos pelos adversários.
Reigns esteve em alta durante os cinco minutos em que era o homem mais fresco em ação, mas tudo mudou com a entrada de Braun Strowman, que dizimou quem se colocou no seu caminho. Altamente dominando, The Monster Among Men começou a resolver assuntos pendentes, eliminando The Miz após um Powerslam.
Entretanto, foi dada ordem a Elias para entrar em ação, mas este preferiu ficar na box em vez de encarar Strowman. Em seguida, Rollins, Bálor, Cena e Reigns uniram forças e aplicaram o Shield Powerbomb e os finishers de cada um em Strowman, mas sem o conseguirem eliminar. Finalmente, com os cinco homens no chão, Elias entrou em cena e tentou capitalizar, mas sem sucesso, ainda que tenha aparecido com bastante ímpeto. Esse ímpeto desapareceu quando Elias encarou Strowman, acabando por sofrer o Powerslam que lhe custou a eliminação.
Como não há duas sem três, Strowman também afastou Cena da decisão, intersetando-o em pleno voo antes de lhe aplicar um Powerslam.
Com quatro homens em ringue, Bálor teve um momento muito bom, conseguindo deitar Strowman por terra e infligir danos a Rollins e Reigns, mas acabou como Miz, Elias e Cena: eliminado após Powerslam de Strowman.
Com a luta reduzida a três homens, Rollins e Reigns uniram forças contra Strowman. Contudo, a estratégia não durou muito tempo, pois Rollins não aguentou e acabou por atacar Reigns, que retribuiu e também atingiu o antigo companheiro nos The Shield. A precisar de um golpe de grande impacto para eliminar Strowman, Rollins saltou de cima de uma box para um Frog Splash no monstro, mas nem isso resultou. Rollins, de resto, também acabou eliminado depois de sofrer um Powerslam de Strowman, que estava a mostrar-se absolutamente dominante.
Para o fim, ficaram Strowman e um dos poucos que já derrotou o The Monster Among Men: Roman Reigns. Reigns conseguiu aplicar os principais golpes do seu arsenal e acabou por levar de vencida, após dois Spears consecutivos. Strowman vingou-se após o combate ao aplicar dois Powerslams e atirar Reigns contra uma das boxes, mas de nada lhe valeu.
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 7,5/10






Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...