segunda-feira, 26 de setembro de 2016

WWE | Clash Of Champions 2016

Owens continua campeão com a ajuda de Jericho



Data: 25 de setembro de 2016
Arena: Bankers Life Fieldhouse
Localidade: Indianápolis, Indiana



WWE Raw Tag Team Championship:
The New Day (Big E e Kofi Kingston) (c) vs. Luke Gallows e Karl Anderson
Início de combate frenético, com Gallows e Anderson a não perderem tempo e a começarem logo com ataque feroz aos campeões.
O ímpeto do Bullet Club só foi invertido após a entrada de Big E, que distribuiu Belly to Belly Suplexes em Anderson. Ainda assim, os candidatos principais conseguiram arrefecer o impacto que a entrada de Big E teve para os New Day, levando o big man ao tapete.
Sempre a um ritmo alucinante, ambas as equipas aplicaram alguns dos principais golpes, mas foi depois de Xavier Woods ter atingido Anderson com o saxofone que os New Day aproveitaram para capitalizar e reter os títulos.
Vencedores: The New Day (Big E e Kofi Kingston)
Nota: 7,5/10


WWE Cruiserweight Championship:
T.J. Perkins (c) vs. Brian Kendrick
Regresso de uma divisão cruiserweight que deixou saudades pelo perfil tão característico dos lutadores e dos combates. Esta disputa de título teve algumas oscilações, entre momentos para apenas encher chouriços a outros bastante entusiasmantes.
Esperava-se que a contenda tivesse terminado após o Sliced Bread #2 de Kendrick, mas T.J. Perkins acabou por se safar e aplicar um TJP Clutch.
Vencedor: T.J. Perkins
Nota: 6/10


Sétimo combate de série à melhor de sete (empate 3-3):
Cesaro vs. Sheamus
Combate bastante físico e que, depois de um arranque a todo o gás, caminhou para um ritmo lento. Voltou a intensificar-se com o comeback de Cesaro, que inovou ao aplicar um Springboard DDT e um 619, na tentativa de surpreender Sheamus.
Após um Suicide Dive autenticamente suicida, o suíço voltou ao ringue e foi intercetado com um Brogue Kick que, ainda assim, não deu a vitória ao irlandês. Também se julgava que Cesaro iria alcançar a vitória depois de executar o Neutralizer, mas Sheamus também se safou no pin fall.
Frustrados e já exaustos, ambos foram começando a tentar de tudo para sair do PPV com um 4-3 favorável. O cansaço acabou por vencer ambos e a contenda terminou com um No Contest, adiando a decisão para outras noites.
Vencedor: -
Nota: 7/10


Sami Zayn vs. Chris Jericho
Esperava-se um belíssimo combate entre dois dos lutadores do roster com mais capacidade para isso, e não desiludiram, apresentando um agradável espetáculo.
Chris Jericho aplicou o Walls Of Jericho, sem fazer Zayn desistir; Zayn respondeu com o Blue Thunder Bomb, sem que o pin fall lhe desse o triunfo; e Y2J, praticamente do nada, executou o Codebreaker vitorioso.
Vencedor: Chris Jericho
Nota: 7/10


WWE Raw Women's Championship:
Charlotte (c) vs. Sasha Banks vs. Bayley
Combate com alguns momentos confusos e que fazem o espetador perder o foco do que está a acontecer. Não foi o típico triple threat match em que se assiste a uma espécie de vários singles matches de uma forma alternada.
O ritmo e as emoções intensificaram-se na fase final, com oportunidades para as três levarem o título para casa. Acabou por ser Charlotte, após um Big Boot em Bayley, a sair vitoriosa.
Vencedora: Charlotte
Nota: 5/10


WWE United States Championship:
Rusev (c) vs. Roman Reigns
Não se esperava um grande combate, e o que se viu foi ao encontro das expetativas. Duelo muito físico entre dois pesos pesados com dificuldades em cair no goto de grande parte dos fãs.
Reigns acertou com o Superman Punch e Rusev com um estrondoso pontapé, mas esses strikes não chegaram para alcançar a vitória. O búlgaro procurou aplicar o Accolade, mas Reigns escapou e executou um Spear que só não deu o triunfo porque Lana puxou a perna do árbitro no último instante.
Rusev voltou a pontapear a cabeça de Reigns e a prendê-lo no Accolade, mas Reigns escapou da submissão e aplicou um potente Spear que lhe valeu a conquista do título.
Vencedor: Roman Reigns (novo campeão)
Nota: 6/10


WWE Universal Championship:
Kevin Owens (c) vs. Seth Rollins
Podia ser Kevin Steen vs. Tyler Black num pavilhão bem mais pequeno, com outro tipo de combate e num main-event da Ring Of Honor, mas é mesmo Kevin Owens vs. Seth Rollins a fechar um PPV da WWE, com um dos principais títulos da companhia em jogo.
A dada altura, Owens passou a dominar o combate por completo e ainda a ter tempo de sobra para provocar Rollins. Rollins reagiu, fez alguns estragos e proporcionou uma reta final de combate bastante dividida.
Preocupado com o amigo Kevin Owens, Chris Jericho apareceu em cena para interferir e impedir que Rollins vencesse após um Pedigree, colocando o pé do campeão na corda. Entretanto, o árbitro ficou no chão após um choque com um dos lutadores, e Rollins voltou a aplicar o Pedigree, mas não havia ninguém para fazer a contagem.
Frustrado, Rollins exigiu um árbitro que estivesse em condições para decidir algo, mas o que o novo árbitro sentenciou foi o triunfo de Owens, após um Pop-up Powerbomb.
Vencedor: Kevin Owens
Nota: 7,5/10



1 comentário: