segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

WWE | Elimination Chamber 2011



Data: 20 de Fevereiro de 2011
Arena: Oracle Arena
Cidade: Oakland, Califórnia




Alberto Del Rio vs. Kofi Kingston
Na minha antevisão tinha dito que ambos tinham algo a provar, e penso que o provaram. Foi um belo combate, melhor do que se calhar as melhores perspectivas poderiam indicar. Del Rio provou ser um excelente “worker” e Kofi que está na melhor fase da sua carreira, já que não me recordo de uma série de bons combates como esta por parte do ganês. Esta contenda serviu sobretudo para consolidar a posição do mexicano como candidato principal ao Titulo Mundial e penso que isso foi conseguido.
Vencedor: Alberto Del Rio


World Heavyweight Championship - Edge (c) vs. Rey Mysterio vs. Kane vs. Drew McIntyre vs. Wade Barrett vs. Big Show (Elimination Chamber Match)
Confesso que já esperava um combate com inicio e final como foram, mas quanto ao que se passou pelo meio, superou-me as expectativas. Fazia sentido numa contenda com tantos lutadores pouco móveis começar da forma mais energética possível, ou seja, com Edge e Mysterio, e também já esperava que eles os dois ficassem para o fim e que o combate acabasse com este “spot” do “Spear” a meio do ar, até porque foi algo que os dois já tinham feito há três anos atrás no Royal Rumble e No Way Out.
A surpresa veio com os homens menos móveis, se pensávamos que a presença deles iria significar uma maior lentidão e um período mais morto no combate, eis que isso não acontece, porquê? Porque isto não é um Six Pack Challenge, é uma Elimination Chamber, e como tal há que aproveitar a estrutura para uns “spots” com muita brutalidade, alguns dos quais fizeram os fãs gritarem “holy shit”, por isso, os meus parabéns para o “booking” deste combate, porque certos pormenores fizeram toda a diferença para que este viesse a ser muito entretido.
Surpresa também o regresso de Christian, veremos se o encaixam em algo para o “main-event” da Wrestlemania.
Vencedor: Edge


WWE Tag Team Championship - Santino Marella e Vladimir Kozlov (c) vs. The Corre (Heath Slater e Justin Gabriel)
O que fazia sentido aconteceu, os títulos mudaram de mãos! O combate foi o melhor entre estas duas equipas desde que se defrontam, embora sejam todos bastante semelhantes, esta contenda trouxe alguns “spots” diferentes, que apesar de tudo não deu para mais que algo razoável entre quatro lutadores medianos, com ligeira superioridade do russo e do italiano.
Vencedores: The Corre (Heath Slater e Justin Gabriel) (novos campeões)


WWE Championship - The Miz (c) vs. Jerry Lawler
Tal como eu previa, The Miz venceu com autoridade e sem interferências enterrando mais um fantasma do seu passado, reforçando a sua imagem para entrar na Wrestlemania como campeão. O combate foi muito bem trabalhado, apesar de alguns “spots semi-botchados” por culpa da frescura física e reflexos do “King” já não serem os mesmos. As “near falls” foram bem credíveis, e a meu ver isso torna o combate bem mais emocionante o que faz o público entrar facilmente nele.
Vencedor: The Miz


John Cena vs. CM Punk vs. John Morrison vs. King Sheamus vs. Randy Orton vs. R-Truth (Elimination Chamber Match)
Mais uma vez, a previsibilidade foi rainha! Em cinco combates, acertei todos os vencedores, e creio que não sou eu que tenho uma grande visão para a coisa, estava à vista de todos! Bem, seja como for foi uma bela Elimination Chamber, com os seis homens a cumprirem bem as expectativas, e com a credibilização de Punk e Morrison a acontecer bem à frente de todos, eles nunca tiveram tão credíveis na sua carreira! O homem de Chicago já tinha sido campeão mundial mas nunca teve o “pin” mais ou menos limpo sobre alguém tão credível como Orton e Cena, como fez na última semana. Já Morrison, nunca esteve tão perto de ganhar um título mundial como agora. Foi um resultado que vem de encontro ao que era esperado, mas foi uma contenda muito entretida.
Vencedor: John Cena

Sem comentários:

Enviar um comentário