segunda-feira, 29 de outubro de 2012

WWE | Hell In a Cell 2012


Data: 28 de Outubro de 2012
Arena: Philips Arena
Cidade: Atlanta, Georgia


Alberto Del Rio vs. Randy Orton
Combate muito mas muito sólido e bem construído, em torno de uma tentativa de Del Rio isolar e lesionar o braço esquerdo de Orton. Depois, o mexicano foi puxando “heat” com algumas “taunts”, exibições de arrogância e até uma interferência de Ricardo Rodríguez, para tornar mais forte os períodos em que a “Viper” tinha o seu “momentum”, terminando com boas “near falls” e mais um “RKO” muito inovador. Estes dois mostraram química!
Vencedor: Randy Orton
Nota: 7,5/10


WWE Tag Team Championships: Team Hell No (Daniel Bryan & Kane) (c) vs. Team Rhodes Scholars (Cody Rhodes & Damien Sandow)
Parecia estar a ser um genérico combate de tag team, até que os desentendimentos entre Daniel Bryan e Kane começaram, e de uma forma algo forçada o “Big Red Monster” causou a desqualificação.
Vencedores: Team Rhodes Scholars (Cody Rhodes & Damien Sandow) por DQ
Nota: 5,5/10


Intercontinental Championship: Kofi Kingston (c) vs. The Miz
Boa ideia de fio condutor, mas o público não alinhou, até porque The Miz só a meio é que se lembrou que a perna de Kofi estava lesionada e atacou aí. Os fãs não apoiaram muito o ganês na fase em que este esteve perto de desistir, e até nem reagiram de forma exuberante ao resultado.
Vencedor: Kofi Kingston
Nota: 5/10


United States Championship: Antonio Cesaro (c) vs. Justin Gabriel
Os sentimentos do público para esta contenda foi indignação por estar a ocorrer, insatisfação pela não presença de Zack Ryder no PPV e satisfação apenas no momento em que o combate acabou. No entanto, o que se viu até nem foi mau para o “background” que teve.
Vencedor: Antonio Cesaro
Nota: 5/10


Rey Mysterio & Sin Cara vs. Prime Time Players (Titus O’Neill & Darren Young)
Combate bem trabalhado, com os “heels” a saberem puxar o “heat”, e os “faces” a fazer bons “comebacks” e a proporcionar espetáculo.
Vencedores: Rey Mysterio & Sin Cara
Nota: 6/10


World Heavyweight Championship: Sheamus (c) vs. The Big Show
Se parecia estar a ser um combate monótono, com grande domínio do gigante, o “comeback” do irlandês levou o público ao delírio e isso só prova que todo esse trabalho inicial valeu bem a pena. O período das “near falls” foi bastante conseguido, e a história do “Brogue Kick vs. WMD” foi bem contada.
Vencedor: The Big Show (novo campeão)
Nota: 7/10


Divas Championship: Eve Torres (c) vs. Kaitlyn vs. Layla
Combate minimamente bem construído, com os habituais duelos individuais alternados como é costume nestas danças a três, com Eve Torres a assumir-se como a oportunista, as outras duas a serem as que tentavam vencer de uma forma mais limpa e uma ponta final animada.
Vencedora: Eve Torres
Nota: 4/10


WWE Championship: CM Punk (c) vs. Ryback (Hell in a Cell match)
Estava a ser também uma contenda bem construída, com Ryback a assumir uma postura dominante, e CM Punk a equilibrar fazendo valer a matreirice e a velocidade, até que surge o momento decisivo, que até me pareceu um final com alguma criatividade, pois este árbitro já tinha estado envolvido numa decisão polémica, por muito duro que um homem seja um murro naquela zona é sempre do mais doloroso que pode haver e a contagem foi rápida. Depois, Ryback vingou-se no final para sair por cima. Pareceu-me bem.
Vencedor: CM Punk
Nota: 7,5/10


Façam gosto da minha página de Pro Wrestling no facebook: https://www.facebook.com/prowrestlingpt

2 comentários: