domingo, 7 de janeiro de 2018

César não é o que Rui Alves disse dele

César está emprestado pelo Benfica ao Vitória de Setúbal
"A verdade é que não imaginaria, por exemplo, que o pior central que conheci na I Liga fosse emprestado pelo Benfica. Não me passaria pela cabeça!". A frase foi proferida pelo presidente do Nacional, Rui Alves, no rescaldo da despromoção do emblema insular ao segundo escalão do futebol português, e visou César, defesa brasileiro que esta época está cedido ao Vitória de Setúbal.

Depois de um início de temporada marcado por uma lesão, o jogador cedido pelo Benfica vai provando que não é o que o dirigente nacionalista disse dele. É verdade que ainda só foi a jogo uma mão cheia de vezes e que por isso a amostra é curta, mas também não deixa de ser verídico que foi lançado às feras e correspondeu mesmo não tendo ritmo de jogo e numa fase da época em que a equipa estava (e está…) na mó de baixo.


Mais do que provar que não é o pior central da I Liga, César até vai exibindo, aqui e ali, por que razão as águias viram qualidades nele. De elevada estatura (1,90 m), tem mostrado ser um central imponente no jogo aéreo, mas sem ser duro de rins. Também tem agilidade e velocidade. Assertivo a nível posicional e criterioso na definição do melhor momento para colocar o pé à bola para desarmar o adversário, é daqueles defesas que não inventa muito, mas que também não é inseguro quando tem a bola em sua posse.

Face ao que tem demonstrado, deverá ser aposta firme de José Couceiro no eixo da defesa – possivelmente ao lado de Vasco Fernandes - de um Vitória de Setúbal que tem como missão deixar a zona de despromoção e alcançar a permanência.

Se a época passada não correu muito bem a César no Funchal, também é preciso não esquecer que foi um dos esteios da equipa do Ponte Preta que chegou à final da Copa Sul-americana (2013) – equivalente à Liga Europa -, não comprometeu quando representou a formação principal do Benfica (2014/15) e era titular do Flamengo aquando do empréstimo ao clube do Rio de Janeiro (2015/16).






Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...