segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

WWE | Elimination Chamber 2017

Bray Wyatt conquista o primeiro título mundial da carreira



Data: 12 de fevereiro de 2017
Arena: Talking Stick Resort Arena
Localidade: Phoenix, Arizona



Becky Lynch vs. Mickie James
O inicio do duelo foi marcado por um intenso chain wrestling, na procura de cada uma provar que é melhor wrestler do que a adversária. Becky Lynch até começou melhor, mas Mickie James encontrou argumentos para contrariar o ímpeto da irlandesa.
Depois de algum tempo a ser dominada, Becky Lynch lá conseguiu o comeback, resistiu ao Mick Kick, evitou o DDT e venceu através de um pin fall rápido.
Vencedora: Becky Lynch
Nota: 5,5/10


2-on-1 handicap match:
Apollo Crews e Kalisto vs. Dolph Ziggler
Era para ser um combate handicap, mas Ziggler atacou Kalisto durante a entrada deste último, incapacitando o luchador. Assim sendo, Ziggler só teve de enfrentar Apollo Crews, que começou por descarregar toda a sua fúria no Mr. Show Off.
Com o passar do tempo, o antigo campeão mundial foi neutralizando o novato, mantendo-o no tapete e desgastando-o com submissões.
Entretanto, um danificado Kalisto foi caminhando para o ringue. Danificado como quem diz, porque se dirigiu para o ringue a muito custo, mas esqueceu-se de vender a lesão assim que entrou nele, num belíssimo exemplo de mau selling.
Ainda assim, a superioridade numérica fez-se sentir, uma vez que Crews aproveitou os danos criados por Kalisto e surpreendeu Ziggler com o Spin-out Powerbomb vitorioso.
Após o combate ter terminado, Ziggler vingou-se e atacou ambos os adversários.
Vencedores: Apollo Crews e Kalisto
Nota: 6/10


Tag team turmoil match pelo WWE SmackDown Tag Team Championship:
American Alpha (Chad Gable e Jason Jordan) (c) vs. Heath Slater & Rhyno vs. Breezango (Fandango e Tyler Breeze) vs. The Usos (Jimmy e Jey Uso) vs. The Ascension (Konnor e Viktor) vs. The Vaudevillains (Aiden English e Simon Gotch)
Slater & Rhyno e os Breezango abriram as hostilidades, ficando numa posição difícil para conquistar os títulos. A dada altura, e sem que Fandango se tivesse apercebido que a outra equipa efetuou o tag, Rhyno acertou-lhe com um Gore vitorioso.
Seguiram-se os Vaudevillains, que tentaram aproveitar o desgaste dos antigos campeões. Ainda assim, acabaram rapidamente eliminados graças a um DDT de Slater.
Já com o cansaço e danos corporais acumulados de dois combates, Rhyno e Slater tiveram de enfrentar os Usos. Desta vez, não resistiram, e os gémeos acabaram por os afastar da decisão.
Por falar em decisão, logo a seguir foi a vez dos campeões entrarem em cena. Gable e Jordan mostraram porque razão possuem os cintos, ao eliminar os Usos através de um pin fall rápido. Contudo, os frustrados Usos não se limitaram a ir embora, atacando os campeões quando estes ainda tinham mais um confronto pela frente.
Com Gable e Jordan estendidos no chão, os The Ascension encaminharam-se para o ringue com o intuito de aproveitar a oportunidade e conquistar o ouro. Aplicaram um double team em Jordan, mas Gable fez o save. Tiraram Gable do caminho e voltaram a executar um double team em Jordan, mas desta vez este conseguiu safar-se. Os campeões ganharam algum tempo, recuperaram as forças e acabaram por conseguir a vitória, após um Grand Amplitude.
Vencedores: American Alpha (Chad Gable e Jason Jordan)
Nota: 6/10


Nikki Bella vs. Natalya
Autêntico grudge match, com constantes provocações por parte de uma dominadora Natalya.
Depois de muito tempo a ser provocada e insultada e de estar presa em manobras da canadiana, uma enfurecida Nikki Bella foi dando um ar de sua graça, aproveitando um ligeiro amolecimento por parte da adversária.
Após um Superplex de Natalya que deixou ambas em mau estado e de submissões de parte a parte, as duas continuaram a brigar fora do ringue, numa autêntica rixa, e acabaram por ser desqualificadas por count-out.
Vencedora: -
Nota: 5,5/10


Luke Harper vs. Randy Orton
Ajuste de contas entre um antigo e um novo membro da Wyatt Family. Combate muito equilibrado, com golpes impactantes de ambos os lutadores.
Apesar do bom desempenho de Luke Harper, Orton foi levando a água ao seu moinho após um Full Nelson Slam e o seu característico DDT. No entanto, quando procurava o RKO, foi atingido por dois Super Kicks, que quase o faziam perder o duelo.
Orton voltou a tentar o RKO, e tornou a quase sair derrotado, após ter sofrido um violento Powerbomb. Depois de algum tempo de impasse, com troca de murros, o vencedor do Royal Rumble surpreendeu com um RKO vindo do nada, alcançando assim o triunfo.
Vencedor: Randy Orton
Nota: 7/10


WWE SmackDown Women's Championship:
Alexa Bliss (c) vs. Naomi
Combate intenso entre boas atletas. Viram-se coisas bonitas, atléticas, mas nem sempre o público quis saber. O triunfo acabou por sorrir a Naomi, depois de uma espécie de Best Moonsault Ever.
Vencedora: Naomi (nova campeã)
Nota: 5,5/10


Elimination Chamber match pelo WWE Championship:
John Cena (c) vs. AJ Styles vs. Dean Ambrose vs. The Miz vs. Baron Corbin vs. Bray Wyatt
John Cena e AJ Styles mataram saudades um do outro, abrindo as hostilidades. Dean Ambrose foi o senhor que se seguiu, e protagonizou um dos primeiros momentos altos da noite ao aplicar um Suplex em Styles na zona fora do ringue.  
Bray Wyatt foi o quarto a ser introduzido na contenda, distribuindo golpes nos outros três participantes já à solta, até que Styles o conseguiu neutralizar por uns tempos. Apenas por uns tempos, pois o mesmo Wyatt projetou Styles do topo de um dos cantos ao mesmo tempo que sofria um Powerbomb de Ambrose.
Com corpos espalhados pelo chão de toda a estrutura, foi a vez de Baron Corbin ser lançado às feras, entrando em cena com todo o ímpeto.
Ainda sem eliminações a registar, The Miz viu a porta da sua jaula ser aberta. Embora se tivesse mostrado assustado por Corbin, acabou por distrai-lo e proporcionar que Ambrose o eliminasse, via pin fall rápido.
Frustrado e já afastado da decisão, Corbin atacou brutalmente Ambrose, em jeito de retaliação. Quem aproveitou os restos foi The Miz, que aproveitou para fazer o assentamento no Lunatic Fringe.
Fresquíssimo, The Miz foi disferindo pontapés nos três adversários enquanto fazia troça de Daniel Bryan, mas acabou por cair nos braços de Cena, que o eliminou após um Attitude Adjustment.
Com o combate reduzido a três homens, Styles e Wyatt ainda uniram esforços por uns segundos, mas acabaram por se desentender rapidamente. Com cada um por si, Styles esteve perto de arrumar Cena com um Styles Clash, mas este conseguiu safar-se. Cena respondeu com um AA, mas também não passou da near fall. O que chegou ao final foi o assentamento de Wyatt sobre Cena, após um Sister Abigail, o que desde logo garantiu que íamos ter novo campeão.
Com o título em disputa, Styles e Wyatt esgrimiram argumentos com todas as suas forças. Styles aplicou o Springboard 450 Splash, mas não passou da near fall. Procurou o Flying Forearm logo a seguir, mas foi intercetado pelo Sister Abigail de Bray Wyatt, que avançou para o pin fall que lhe deu o primeiro título mundial da carreira.
Vencedor: Bray Wyatt (novo campeão)
Nota: 7,5/10





1 comentário:

  1. Boas,

    Já está disponível a sondagem sobre o melhor ponta-de-lança da Primeira Liga e já é possível ir votar nessa sondagem. Também já está disponível a segunda ronda do concurso "Super Totobola" em https://galaxiafutebolistica.blogspot.pt/

    Abraços e continuação de um excelente trabalho

    ResponderEliminar