sexta-feira, 25 de novembro de 2016

WWE | NXT Takeover: Toronto

Samoa Joe reconquista título do NXT após batalha contra Nakamura  



Data: 19 de novembro de 2016
Arena: Air Canada Centre
Localidade: Toronto, Ontário, Canadá



Bobby Roode vs. Tye Dillinger
Duelo entre canadianos para abrir PPV realizado no… Canadá. Excelente escolha para aquecer o público.
Tye Dillinger começou melhor, superiorizando-se a Roode nos primeiros minutos, mas este último foi utilizando a sua matreirice para se colocar numa posição de domínio. Numa fase mais adiantada, a contenda tornou-se mais dividida.
Houve oportunidades para os dois lutadores conquistarem a vitória, mas esta acabou por sorrir a Bobby Roode, após um Impaler DDT.
Vencedor: Bobby Roode
Nota: 7,5/10


Final do torneio Dusty Rhodes Tag Team Classic:
(Paul Ellering suspenso numa jaula, por cima do ringue)
The Authors of Pain (Rezar e Akam) vs. TM-61 (Nick Miller e Shane Thorne)
Aquela pequena jaula por cima do ringue e as estruturas de suporte junto aos cantos fizeram-me lembrar aqueles combates típicos da TNA, propícios a spots. E Shane Thorne fez questão de reforçar a ideia, ao escalar um pouco a estrutura e mergulhar para cima dos adversários.
O combate narrou um frente a frente entre a força bruta dos Authors of Pain e o arsenal aéreo dos TM-61, uma tag team ao estilo dos Motor City Machine Guns.
O troféu de equipa vencedora do torneio foi parar às mãos de Rezar e Akam, após um double team denominado Last Chapter.
Vencedores: The Authors of Pain (Rezar e Akam)
Nota: 6,5/10


Combate à melhor de três pelo NXT Tag Team Championship:
                The Revival (Scott Dawson e Dash Wilder) (c) vs. DIY (Johnny Gargano e Tommaso Ciampa)
Os campeões entraram melhor e conseguiram vencer a primeira fall, após um muito bem-sucedido double team.
Em desvantagem, os DIY tentaram desesperadamente chegar ao empate, mas do outro lado os Revival impuseram grandes dificuldades, procurando isolar Gargano e desgastá-lo, não permitindo que efetuasse o tag. Quando Ciampa entrou, notou-se a sua frescura, criando um novo ímpeto para os DIY que acabou por ser capitalizado com a igualdade, após uma combinação de joelhada de Ciampa e Superkick de Gargano em simultâneo.
A terceira e decisiva fall foi bastante emotiva, com várias ocasiões em que parecia que o combate ia terminar. Johnny Gargano esteve muito perto de dar o triunfo à sua equipa, mas também quase desistia quando esteve preso num Inverted Figure Four de Dawson. Acabou por ser mesmo Gargano a conseguir a vitória, via submissão.
Vencedores: DIY (Johnny Gargano e Tommaso Ciampa) (novos campeões)
Nota: 8/10


NXT Women's Championship:
Asuka (c) vs. Mickie James
Regresso de Mickie James à WWE, seis anos depois, pela porta do NXT. Mostrou que não perdeu qualidades e protagonizou com Asuka um combate com uma narrativa e wrestling tecnicamente evoluído.
A contenda foi sempre equilibrada, mas Asuka acabou por vencer numa fase em que se pensava que ainda ia ver mais qualquer coisa, via Crossface Chickenwing.
Vencedora: Asuka
Nota: 5,5/10


NXT Championship:
Shinsuke Nakamura (c) vs. Samoa Joe
Combate bastante físico, que começou a todo o gás, com uma brawl. Samoa Joe conseguiu bons períodos de domínio, utilizando a sua força bruta e a sua qualidade a executar submissões, mas foi falhando na missão de arrumar com Nakamura.
Do outro lado, o campeão do NXT deu uso ao seu strong style e à qualidade de execução de arremessos para atacar o adversário.
Ainda assim, após uma grande batalha, o triunfo sorriu a Samoa Joe, que venceu após um Urinage nos degraus e um Muscle Buster no ringue.
Vencedor: Samoa Joe (novo campeão)
Nota: 7/10







#NXTTakeOver #NXTTakeOverToronto #NXTTagTitles #DIY #NXT #NXTChampionship

Sem comentários:

Enviar um comentário