segunda-feira, 31 de outubro de 2016

WWE | Hell In a Cell 2016

Charlotte volta a ser campeã após estrondoso Hell In a Cell



Data: 30 de outubro de 2016
Arena: TD Garden
Localidade: Boston, Massachusetts


Hell In a Cell match pelo WWE United States Championship:
Roman Reigns (c) vs. Rusev
Não começou por ser o mais entusiasmante dos Hell in a Cell, até porque como vem sendo hábito nos últimos anos, a estrutura tem servido praticamente apenas para enfeitar, sem ser devidamente potenciada.
A intensidade viria aumentar com a introdução de um kendo stick. Reigns foi o primeiro a fazer uso dele, contra o peito e costas do adversário, e depois foi a vez de Rusev, que aproveitou a arma para atacar a zona abdominal do seu oponente.
Depois vieram os Superman Punches de Reigns, os pontapés de Rusev e outros golpes de alto impacto. Rusev tentou sentenciar o combate com um Accolade, mas o campeão conseguiu escapar do golpe.
Frustrado, o búlgaro foi buscar uma corrente debaixo do ringue e arremessou-a por várias vezes contra Reigns. Depois foi buscar os degraus, e atirou Reigns contra ele. Por fim, colocou Reigns em cima dos degraus e aplicou-lhe um Accolade com a corrente, mas Reigns conseguiu reverter para um Samoan Drop em cima dos degraus e em seguida aplicou um violento Spear para a vitória.
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 7,5/10


Bayley vs. Dana Brooke
Combate morninho. A qualidade da contenda não me deixou convencido, e o finisher de Bayley muito menos.
Vencedora: Bayley
Nota: 3/10


Enzo Amore & Big Cass vs. Luke Gallows & Karl Anderson
Outro combate morninho. Mais um que podia ter muito bem ocorrido numa edição regular do Monday Night Raw.
Vencedores: Luke Gallows & Karl Anderson
Nota: 5/10


Hell in a Cell match pelo WWE Universal Championship:
Kevin Owens (c) vs. Seth Rollins
Apesar da pouca experiência neste tipo de combates, Kevin Owens mostrou grande conforto dentro da cela, dominando Seth Rollins durante um longo período de tempo, causando estragos no corpo do adversário.
Com o passar dos minutos, Owens foi ganhando confiança em demasia e Rollins aproveitou para ir ripostando. Ainda assim, as coisas ficaram mal-encaradas para o candidato principal quando a cela e Jericho mostrou oportunismo ao entrar, aproveitando a saída do árbitro, atordoado após ter sido atingido com o fumo de um extintor.
Rollins ainda foi dando conta do recado, afastando Jericho da luta e fazendo Owens atravessar duas mesas com um Powerbomb. O antigo membro dos The Shield teve a vitória no bolso depois de aplicar um Frog Splash em Owens, mas Y2J puxou a perna ao árbitro e impediu a contagem do pin fall.
Com duas preocupações em vez de apenas uma, Rollins arrumou Jericho fora do ringue, mas sofreu um Pop-up Powerbomb assim que reentrou no mesmo. Contudo, o assentamento não passou da near fall.
Rollins ainda tentou combater a força dos números com uma cadeira, mas acabou por sofrer um Powerbomb em duas cadeiras, o que viria a ditar a sua derrota.
Vencedor: Kevin Owens
Nota: 7,5/10


WWE Cruiserweight Championship:
T.J. Perkins (c) vs. Brian Kendrick
Combate entre um T.J. Perkins saltitão, com vontade de dar espetáculo, frente a um Brian Kendrick bastante terrestre, a querer causar danos e resolver o duelo no tapete.
Numa manobra toda ela denunciada, Kendrick fingiu estar lesionado, fez com que TJP parasse a sua ofensiva, e no momento certo aplicou a submissão que lhe deu o triunfo.
Vencedor: Brian Kendrick (novo campeão)
Nota: 5/10


WWE Raw Tag Team Championship:
The New Day (Big E e Xavier Woods) (c) vs. Cesaro e Sheamus
Confronto entre uma equipa com um dos maiores reinados da história, e outra que tinha como principal característica o mau funcionamento.
A dada altura, Sheamus acerta em Cesaro com um Brogue Kick, mas ainda vai a tempo de impedir o pin fall de Xavier Woods. Mais tarde, enquanto Cesaro aplicava uma submissão em Woods, Kofi Kingston executou um Trouble in Paradise no irlandês e causou a desqualificação aos New Day, que ainda assim continuam campeões.
Vencedores: Cesaro e Sheamus (por desqualificação)
Nota: 5/10


Hell In a Cell match pelo WWE Raw Women's Championship:
Sasha Banks (c) vs. Charlotte
Charlotte não perdeu tempo e atacou Sasha ainda antes de a cela cair, levando a luta para junto da mesa de comentadores e até para a plateia, quando o combate ainda não tinha começado inicialmente.
Charlotte começou por subir a cela, Sasha acompanhou-a, mas depois Charlotte voltou ao solo, agarrou na campeã e plantou-a na mesa de comentadores através de um Powerbomb. Há quanto tempo não víamos algo assim na divisão feminina da WWE!?
Sasha mostrou uma aflição tremenda e vendeu muitíssimo bem a lesão ao mesmo tempo que era colocada numa maca. Quando Charlotte já era anunciada como campeã, a ficha caiu em Sasha, que foi para dentro da cela e desatou a atacar a candidata principal.
A partir daí, assistiu-se a um espetáculo muito interessante, com ambas a fazerem uso da estrutura e de tudo o que estava à mão, numa autêntica luta pela vida. No final de uma grande batalha, o triunfo sorriu a Charlotte, após um Natural Selection.   
Vencedora: Charlotte (nova campeã)
Nota: 8,5/10



Sem comentários:

Enviar um comentário