quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

WWE | Fastlane

Roman Reigns carimba bilhete para a Wrestlemania



Data: 22 de fevereiro de 2015
Arena: FedEx Forum
Localidade: Memphis, Tennessee



The Authority (Seth Rollins, Big Show e Kane) vs. Dolph Ziggler, Erick Rowan e Ryback
Ziggler, Ryback e Rowan dominaram os primeiros instantes do combate, mas um pontapé deste último no poste levou-o a lesionar-se, passando a estar sob o domínio de Big Show e depois de Kane e Seth Rollins.
O hot tag em Ryback mudou o rumo do combate, trazendo de novo a vantagem para sua equipa. Interferências exteriores voltaram a equilibrar as contas, mas a entrada de Ziggler voltou a dar ímpeto ao trio de faces. Só que no meio de tanto entusiasmo, Ziggler foi atingido por um murro de Big Show e Kane aproveitou para capitalizar.
Vencedores: The Authority (Seth Rollins, Big Show e Kane)
Nota: 6/10


Goldust vs. Stardust
Stardust bastante instável mentalmente, mostrou todo o seu lunatismo, sobretudo quando os fãs gritavam por Cody.
Ambos se conhecem muito bem, e por isso, nos primeiros minutos apenas vimos tentativas de aplicar golpes, pois um conseguia adivinhar e reverter o que o outro ia fazer. Alguns fãs, por não conhecerem assim tão bem o arsenal de ambos, acabaram por gritar «boring!».
Notou-se claramente que uma rivalidade destas deveria ter tido mais hype e mais semanas de preparação. Um combate destes poderia ter obtido outra reação se fosse construído há mais tempo, com mais promos e segmentos que alimentassem a feud.
Goldust acabou por vencer com alguma controvérsia, pois não se chegou mesmo a perceber se Stardust tinha mesmo as omoplatas no chão durante os três segundos.
Vencedor: Goldust
Nota: 5/10


WWE Tag Team Championship: The Usos (Jimmy e Jey Uso) (c) vs. Tyson Kidd & Cesaro
O público parecia não estar muito interessado, mas diga-se de passagem que foi mesmo um combate interessante e que os intervenientes tentaram puxar pelos fãs com golpes de alguma espetacularidade.
A ponta final foi emocionante e a vitória parecia poder cair para qualquer dos lados. Caiu para o de Tyson Kidd e Cesaro, os novos campeões.
Vencedores: Tyson Kidd & Cesaro (novos campeões)
Nota: 6/10


Divas Championship: Nikki Bella (c) vs. Paige
Uma rivalidade que se tem tornado cada vez mais pessoal. Por isso, Paige entrou muito agressiva, embora Nikki Bella tenha encontrado forma de contrariar o seu ímpeto.
Vitória de Nikki, num combate rápido e que não deixou grandes saudades.
Vencedora: Nikki Bella
Nota: 3,5/10


Intercontinental Championship: Bad News Barrett (c) vs. Dean Ambrose
Combate intenso pelo segundo título da WWE. Não há forma de não ser fã da personagem e wrestler que é Dean Ambrose, que oferece algo de diferente do que aquilo que se vê na companhia.
Pena, mais uma vez, de que os fãs não estivessem muito interessados. A forma como o combate terminou foi paupérrima. Espera-se que se esteja a construir um rematch com hype superior.
Vencedor: Bad News Barrett (via DQ)
Nota: 5/10


United States Championship: Rusev (c) vs. John Cena
Maior combate pelo título dos EUA em muitos anos? Provavelmente sim.
Cena tentou surpreender o seu adversário, mas o poderio físico e atlético de Rusev acabava por vir sempre ao de cima. Foi essa a estória do combate.
Fiquei agradado com Cena, que surpreendeu com um Tornado DDT e ao reverter um golpe de Rusev, no ar, num Crossface. O Marine esteve perto de vencer, via Crossface, STF ou AA, mas o búlgaro arranjou sempre forma de se safar.
Cena resistiu a um primeiro The Accolade, mas à segunda, depois de ter sofrido um golpe baixo e pontapé na cabeça, ficou inconsciente, não conseguindo responder à submissão.
Vencedor: Rusev
Nota: 6/10


Roman Reigns vs. Daniel Bryan
Ambos apostaram no chain wrestling no início do combate, e aí, como seria de esperar, Daniel Bryan mostrou a sua superioridade. No entanto, Roman Reigns fez valer a sua força para contrariar a técnica de Bryan.
Mesmo sofrendo golpes de grande impacto, Bryan mostrou resiliência e conseguiu ganhar alguma vantagem a espaços, disferindo fortes pontapés no antigo membro dos The Shield.
Combate ganhou alguma emoção na reta final. Near falls bem conseguidas para cada um.
Quando Bryan procurava a Running Knee, Reigns apanhou-o a meio da corrida com um Spear e carimbou o bilhete para o main-event da Wrestlemania.
Foi talvez um dos combates menos conseguidos de Daniel Bryan num PPV da WWE, o que diz tudo sobre… Roman Reigns.
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 5,5/10





1 comentário:

  1. David Pereira,

    Apesar de não acompanhar muito ultimamente, gosto de WWE e estava torcendo por Cena, nessa rivalidade que vai além do ring (Ucrânia que o diga).

    Abraços.
    Visite o FC Gols
    Curta nossa página no Facebook!
    Siga-nos pelo twitter!/

    ResponderEliminar