segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

WWE | Elimination Chamber 2014

Randy Orton sobrevive à Elimination Chamber



Data: 23 de fevereiro de 2014
Arena: Target Center
Cidade: Mineápolis, Minnesota


Intercontinental Championship: Big E (c) vs. Jack Swagger
Força de Big E fê-lo dominar o início do combate, sendo que Swagger só conseguiu recuperar depois de ganhar algum tempo fora do ringue. O antigo campeão mundial mostrou então que também é forte fisicamente e que a sua maior experiência poderia ser uma vantagem. No final, um spot em que Big E aplicou um Spear em Swagger para fora do ringue voltou a colocá-lo em vantagem, mas depressa o All-American American respondeu com um arremesso a partir da corda superior, proporcionando uns últimos instantes emocionantes, mas que um Big Ending resolveu. Bom combate!
Vencedor: Big E
Nota: 7/10


WWE Tag Team Championship: The New Age Outlaws (Road Dogg e Billy Gunn) (c) vs. The Usos (Jimmy e Jey Uso)
Frescura e irreverência dos Usos contra a experiência e matreirice dos NAO. Foi sempre essa a toada do combate, e o Roll-Up que deu a vitória aos campeões espelha isso mesmo.
Vencedores: The New Age Outlaws (Road Dogg e Billy Gunn)
Nota: 6/10


Darren Young vs. Titus O’Neill
Um grudge match que despertou pouco interesse no público. A força de Titus O’Neill acabou por prevalecer, num embate com pouco brilho.
Vencedor: Titus O’Neill
Nota: 4,5/10


The Wyatt Family (Bray Wyatt, Luke Harper e Erick Rowan) vs. The Shield (Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns)
Um combate entre equipas heel poderia suscitar um espetáculo pobre, em que o público poderia não estar preocupado em quem vencesse e o visse como uma pausa para as pipocas. Mas não foi o caso. A confrontação inicial cedo o evidenciou, com os fãs interessados e divididos.
A ideia da equipa criativa foi colocar a plateia ao lado dos The Shield ao longo do combate, e isso acabou por acontecer, como se provou no slugh fest proporcionado entre Erick Rowan e Roman Reigns.
Aquela que poderia ter sido uma contenda normal, recheada de tags, foi uma autêntica batalha campal, com um grau de entusiasmo sempre em crescendo. Seth Rollins viveu talvez a sua noite de maior brilho na WWE, e juntamente com Reigns, mostraram que em termos de popularidade têm maior aceitação que Dean Ambrose, provavelmente porque este último tem tido atitudes separatistas.
Vencedores: The Wyatt Family (Bray Wyatt, Luke Harper e Erick Rowan)
Nota: 8,5/10


Divas Championship: AJ Lee (c) vs. Cameron
Desinteressante. O melhor momento foi mesmo o soar da campainha para o fim do combate.
Vencedora: Cameron (por desqualificação)
Nota: 1,5/10


Alberto Del Rio vs. Batista
O início do combate, com Del Rio a fingir-se lesionado tentava colocar o heat do lado do mexicano, mas a tentativa falhou, e os aplausos a ADR e os apupos a Batista foram uma constante.
Cânticos de “Pussysta”, Daniel Bryan, CM Punk, Y2J, RVD e Lesnar espelhavam a revolta de quem preferia outro nome para o main-event da Wrestlemania XXX.
A contenda tentou espelhar um Batista fragilizado pelo ataque à traição de Del Rio perante a maior frescura do mexicano, mas a posição vincada dos fãs não permitiu que a ideia da equipa criativa funcionasse.
Vencedor: Batista
Nota: 5/10


WWE World Heavyweight Championship: Randy Orton (c) vs. John Cena vs. Sheamus vs. Daniel Bryan vs. Cesaro vs. Christian (Elimination Chamber match)
Elimination Chamber de alguma qualidade, com intervenientes capazes de fazer sonhar.
Fiquei surpreendido pela forma como Christian brutalizou Daniel Bryan, aproveitando-se das suas limitações físicas, estaria à espera de ver isso por parte de Cesaro.
Estrategicamente, e fortalecendo a importância do sistema que impera na WWE, Orton foi o último a entrar e barricou-se, antes de um Brogue Kick de Sheamus que suscitou uma boa reação.
Houve bons spots, e sem dúvidas que um dos seus melhores foi o Frog Splash de Christian em Sheamus, que gerou a primeira eliminação.
Para o fim ficaram os três favoritos: Cena, Bryan e Orton. O primeiro foi vítima da interferência da Wyatt Family e o segundo da envolvência de Kane, continuando-se a desenhar, assim, o card da Wrestlemania XXX.
Vencedor: Randy Orton
Nota: 7,5/10





Sem comentários:

Enviar um comentário