sábado, 18 de junho de 2011

Futsal | Sporting 5-4 Benfica



Não sendo eu um grande acompanhante da modalidade, e vendo noticias assim por alto, não tenho resistido a esta final do Play-Off.

O Sporting conquistou hoje o Campeonato Nacional de Futsal ao vencer o Benfica por 5-4.
A final deste Play-Off é à melhor de três, mas a equipa leonina acabou por “despachar” o assunto ao terceiro jogo.
Digo despachar, mas não foi bem assim, foram três jogos muito equilibrados, muito intensos e emotivos, sendo que o primeiro teve de ser decidido nas grandes penalidades, o segundo até aos últimos segundos do tempo regulamentar e este terceiro até ao prolongamento.

O jogo não começou bem para os leões, ao ver-se em desvantagem desde muito cedo no jogo, chegando a estar a perder por 0-3, chegando ao intervalo com 1-3, numa altura em que um dos seus melhores jogadores, Divanei, foi expulso por uma intriga com Bebé, guarda-redes suplente do Benfica, que até já representou o Sporting.

Na segunda parte tivemos um Sporting “à Sporting” e conseguiu chegar aos 3-3, levando o jogo para prolongamento onde aí conseguiu mais dois golos, conseguindo uma reviravolta espectacular, ainda que tenha apanhado um susto quando um jogador seu marcou um auto-golo.

Devo dizer que João Benedito não é simplesmente bom, não é simplesmente fantástico, não é simplesmente um grande guarda-redes, ele é um Deus na baliza do Sporting. Um exemplo de dedicação para a família sportinguista e para o desporto nacional.

Pela negativa, não gostei da prestação de Djô, que achei que se agarrou demasiado à bola, no entanto, foi ele quem fez um corte decisivo (com falta ou não, não vou discutir aqui…) que deu origem ao 4-3 por Leitão.

O clima do Pavilhão Paz e Amizade foi tenso, ao estarem lá cerca de 2.500 pessoas num recinto cuja lotação deveria ser cerca de 2.100 lugares.
Houve alguns desacatos, tanto dentro como fora das quatro linhas, especialmente com a claque do Benfica (para não variar) que obrigou à intervenção policial pelo menos duas vezes.

Sejam como for o Sporting fez história por ser o primeiro clube a resolver a final logo ao 3º jogo e a ser o primeiro a vencer o campeonato sem ter vencido a fase regular.
Foi o 10º título nacional na modalidade para os leões (o segundo consecutivo), conquistado num ano em que os verde-e-brancos venceram também a Supertaça de Portugal, a Taça de Portugal e foram vice-campeões europeus.

Parabéns à RTP 2 que fez história por ter tido graças ao Futsal liderança de audiências na TV portuguesa e a Pedro Martins, que é um grande comentador desportivo e um grande comunicador, que digam o que disserem, para mim, manteve sempre a imparcialidade.

VIVA O SPORTING!

O CAMPEÃO VOLTOU!

1 comentário:

  1. Só não concordo quando se refere ao sr. Pedro Martins,aliás á dupla de comentadores.

    Saudações leoninas.

    ResponderEliminar