quarta-feira, 25 de maio de 2011

Análise à contratação de Domingos Paciência pelo Sporting



É com enorme satisfação que recebo a confirmação de que Domingos Paciência é o novo treinador do Sporting, após meses em que tal noticia não passava de um rumor.

Como sportinguista, devo confessar que mesmo não apoiando em especial nenhum candidato à presidência do clube, dos treinadores que cada um apresentava, o que gostava mais era de Domingos. E porquê?

É um profundo conhecedor do futebol português, não só da I Liga, mas igualmente das divisões secundárias e dos escalões de formação, tendo passado pelo FC Porto B e por dois emblemas que têm clubes satélite na II Divisão, falo da Académica (Tourizense) e Sp. Braga (Vizela).

Não tem tido bons resultados, tem tido resultados fantásticos!
Desde que o Sporting foi campeão pela última vez que não tem tido um treinador com esse tipo de currículo.
- Fernando Santos até já pode ter sido campeão nacional pelo FC Porto, mas fez o mais difícil nos tempos que corriam (e ainda correm): Após ter conquistado o pentacampeonato, esteve duas épocas seguidas sem o ganhar, um treinador recorde no FCP nas últimas décadas, e não pelos melhores motivos.
- José Peseiro tinha uma subida de divisão no currículo, no entanto, o seu registo na primeira temporada na I Liga ao serviço do Nacional foi facilmente ultrapassado pelo seu sucessor, Casimiro Mior, e estamos a falar de um registo que passou de ser de metade de baixo da tabela para um histórico 4º Lugar.
- Paulo Bento tinha um título nacional de Juniores, algo normal no Sporting, porque afinal temos a melhor escola de formação do país e uma das melhores do planeta.
- Carlos Carvalhal tinha feito o quê mesmo? Tinha sido despedido nessa mesma época no Marítimo, conseguiu não pôr o Sp. Braga nos primeiros cinco lugares, teve pelo menos uma descida de divisão (ao serviço do Beira-Mar), teve insucesso no Belenenses e o melhor que fez foi uma boa temporada no Vit. Setúbal e uma ida à final da Taça de Portugal com o Leixões.
- Paulo Sérgio tinha uma subida de divisão no currículo e uma ida à final da Taça de Portugal com o Paços de Ferreira, que embora tenha sido a primeira na história de tal clube, há que relembrar que já não se dá tanto valor a essa competição e que talvez por isso nos últimos dez anos apenas por duas vezes houve um confronto entre dois dos três grandes nessa final, e é bastante normal um clube como o Paços poder ir lá. Acima de tudo conseguiu não levar o Vit. Guimarães às competições europeias.
- José Couceiro teve de facto uma proeza: Conseguiu não ser campeão no FC Porto e não ganhar qualquer troféu (nem uma taça da amizade sequer) no tempo em que esteve no Dragão, e ainda somou ainda duas descidas de divisão no currículo (com Alverca e Belenenses, sendo que a segunda tenha sido anulada na secretaria). Nos Sub-21 não fez nada de especial também.

Já Domingos, pode ainda não ter ganhou um único troféu, mas apresenta no seu currículo melhores resultados do que qualquer outro seu antecessor e sucessor.
Em Leiria, levou a União local ao melhor campeonato dos últimos anos, tendo ocupado o 4º lugar durante algumas jornadas a meio do campeonato de 2006/2007, e embora tenha saído a meio da campanha por problemas com os jogadores, os pontos que alcançou ajudaram e de que maneira o clube ter conseguido a sua última qualificação europeia.
Em Coimbra, na Académica, conseguiu as duas melhores posições até então desde que o clube tinha regressado ao primeiro escalão (um 7º e um 12º lugar), e apesar do 12º lugar já ter sido superado por Villas Boas, há que recordar Domingos só iniciou funções a meio do campeonato, porque a equipa estava condenada à descida. O 7º Lugar foi ainda a melhor classificação do clube nos últimos 25 anos. Nem o seu rival Villas Boas fez melhor.
Em Braga, realizou as duas melhores época da história do clube, com um 2º Lugar que deu direito a lutar pelo titulo até à última jornada com o Benfica, e ficando à frente de FC Porto e Sporting na primeira temporada. Na segunda, conseguiu um 4º Lugar no campeonato (o que não é mau) e uma presença inédita do clube na final da Liga Europa, a primeira de um clube não pertencente ao grupo dos “três grandes de Portugal”, e se formos a ver bem, o Sporting em toda a sua história só esteve em duas finais europeias e o Benfica não mete os pés em nenhuma há mais de 20 anos. Nem o seu rival Jorge Jesus fez melhor.

Ou seja, pode não ter ganho nenhum troféu até à data, mas teve desempenhos fantásticos! E também há que admitir que em Portugal é muito difícil ganhar-se algo quando não se faz parte do lote dos “três grandes”, e talvez por isso, apenas Vit. Setúbal conseguiu ganhar alguma coisa nos últimos 10 anos se estivermos a falar de clubes “mais pequenos”, por isso, títulos nunca foram exigidos a Domingos Paciência, mas agora serão! E há condições para isso, porque é um clube com mais de três milhões de adeptos, com uma superior capacidade económica que os outros por onde passou, com uns escalões de formação reconhecidíssimos internacionalmente e também com grandes condições de trabalho proporcionadas pelos Directores Desportivos Luis Duque e Carlos Freitas no que concerne a “scout” de jogadores e sobretudo, de uma Academia/Centro de Treinos que é dos melhores da Europa.

Não exijo dele o titulo na próxima época, não sei até que ponto será cedo, mas não quer dizer que não acredite em tal conquista. O que exijo é ver um Sporting que se assuma como um sério candidato a ganhar o campeonato e a lutar por ele até ao final, que não seja motivo de chacota por portistas e benfiquistas mas que consiga até bater-lhes o pé várias vezes, e ainda que dê uma identidade de jogo à equipa e que a coloque a jogar um bom futebol, que puxe pelos adeptos e que faça o estádio encher-se de novo, pelo espectáculo e pelas sucessivas alegrias. Isso é o exigido, porque há condições para isso!

Força Domingos!

Viva o Sporting!

8 comentários:

  1. valeu meu garoto esta adicionado e desculpa a demora abraço me add tbm blz.
    http://blogdoluizgabriel.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Oi David... Obrigada por passar no meu blog, já estou te seguindo e já publiquei seu blog no meu... Fica com Deus! BeijOoOoO

    ResponderEliminar
  3. Olá David!
    Obrigado pela visita ao nosso Blog!
    Já estamos seguindo,passe sempre por lá.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  4. Olá David, vim aki agradecer a visitinha lá no blog e gostaria de te convidar a seguí-lo, assim ki seguir me avise pra eu vir correndo aki e seguir tbm, ok!? ^^

    Bjinhos ;*

    Pâm
    http://chiqueatodaprova.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Apoiado David sem dúvida o Domingos dará Alma ao Coração dos Sportinguistas! que tanto precisam .. De certeza que futuramente teremos muitos motivos para festejar!! :D

    ResponderEliminar