segunda-feira, 25 de outubro de 2010

domingo, 17 de outubro de 2010

Novo projecto!

Num ano em que se julgava ser de descanso, eis que surge um projecto que muito prazer me irá dar a integrar.



David Francisco, que é nada mais nada menos que árbitro da WSW (uma das federações promotoras portuguesas, ainda que muitas vezes se transforme numa promotora internacional) é comentador da modalidade no Eurosport convidou-me para integrar um projecto que consistirá num programa de rádio em que será debatido as noticias do mundo do pro wrestling.

A Rádio será a ESCS FM, que pelo que me parece, as siglas significam Escola Superior de Comunicação Social, o programa deverá ser uma espécie do Pontapé no Céu Da Boca (Versão 3.0) que o David já muitas vezes apresentou, tanto no AWP como na WSW Rádio.
Desta vez, serei eu o seu colega de emissão, e para os interessados, julgo que seja possível o programa passar na Internet.

É um prazer para mim, já há cinco anos que acompanho a modalidade e toda a gente sabe que a amo, sempre quis participar em alguma coisa, pensei mesmo em passar a treinar para ser uma das estrelas de que toda a gente fala, mas não é isso que quero, prefiro ficar do lado de fora a falar nas estrelas e foi bom ter-me caído do céu esta oportunidade.

Provavelmente muitos vão questionar o porquê de ser eu, um simples fã que foi apenas a dois shows ao vivo e fez um treino que vai comentar, alguém que nunca esteve neste "business" por dentro, ok, se muitas vezes na minha vida que me queixei do azar aqui tenho de reconhecer que tive sorte. Mas procurei a sorte, inseri-me na Comunidade de Wrestling Online, troquei conhecimentos e opiniões, a minha visão da evolução sobre a modalidade evoluiu para algo mais próximo da realidade e pelos vistos as pessoas, até aquelas que estão por dentro, gostam de saber o que tenho para dizer, só tenho é de agradecer e agora que a oportunidade surgiu há que agarrá-la e fazer de tudo para estar à altura.

A primeira emissão será gravada dia 29 de Outubro, darei novidades!


Foi com grande alegria que partilho isto com todos os meus amigos aqui no meu blogue!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Nunca deixes nada por fazer...

E foi assim, foi sempre a guardar tudo para o próximo dia, para a próxima ocasião... que se aprende que por vezes não há um próximo dia, não há uma próxima ocasião.

Bem dizia o António Feio num vídeo que fez antes de morrer: "Não deixes nada por fazer, não deixes nada por dizer".

Não podia concordar mais com ele!


Deixei pessoas que idolatro virem a Portugal, a Lisboa, especialmente uma, vê-la estava ao meu alcance, era simples e não tão caro, pelo menos valia a pena, mas não... deixei que fosse para a próxima, havia tempo pensava eu.

Passaram-se dois anos em que continuei a idolatrá-lo mais e mais, e sentia que tinha de ser da próxima, não podia perder o espectáculo que tal senhor me podia oferecer, não podia perder a oportunidade de puxar por ele, de vê-lo ao vivo, de concretizar um sonho, de vê-lo a fazer o que melhor sabe naquilo em que na minha modesta opinião é o melhor do Mundo a fazê-lo... mas não, não haverá uma próxima oportunidade, tal senhor retirou-se, restam as memórias, e não sendo a mesma coisa, há todo um youtube...




sábado, 9 de outubro de 2010

Análise de DVD's de Wrestling | The Life and Times of Mr. Perfect

Sei que o DVD já foi lançado há dois anos, mas ganhei-o há pouco tempo e só agora posso opinar sobre ele.
Tal como no de Chris Jericho, vi apenas o CD1, onde estão os “highlights” da sua carreira, e achei mais uma vez interessantíssimo, talvez só tenha pecado por não conter testemunhos contados pelo infelizmente já malogrado lutador.
Aconselho o visionamento, achei interessantíssimo o JR dizer que às vezes não é o título que faz o lutador que o possui mas é o lutador que faz o título, e que Curt Hennig deu uma maior projecção ao Titulo Intercontinental. Ainda falando sobre esse cinto, o próprio disse que quem possuía o Titulo da WWF eram os maiores “box drawers” como Hulk Hogan e Ultimate Warrior, mas quem possuía o Titulo Intercontinental é que era sem dúvida o melhor wrestler da companhia. Aconselho o visionamento!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

WWE | Hell In a Cell 2010



Data: 3 de Outubro de 2010
Arena: American Airlines Center
Cidade: Dallas, Texas

domingo, 3 de outubro de 2010

Análise de DVD's de Wrestling | Break The Code: Behind The Walls of Chris Jericho

Vi apenas o CD1, no qual se encontravam os destaques da sua carreira, comentados pelo próprio Chris Jericho mas também pelo seu pai, Lance Storm, Chavo Guerrero, Rey Mysterio, Edge, Christian, Bret Hart, Eric Bischoff e outros.
Eu adorei, foi fantástico conhecer mais sobre este meu ídolo do pro wrestling sem ter apenas uma página da wikipédia em que só lia e lia e imaginava, a parte visual é extremamente importante e os comentários que eram feitos pelos homens referidos, em jeito de documentário, está muito mas muito bom.
Deu para aprender mais sobre ele, como começou e a forma como ia pegando em cada estilo de wrestling para se aperfeiçoar enquanto lutador, como começou no Canadá, teve uma curta passagem pelos EUA, foi para o México, Japão e Alemanha e depois voltou novamente aos “States” para passagens pela ECW, WCW e WWF/E. Foi óptimo conhecer mais sobre a sua carreira na WCW, em que esteve com um “angle” com Goldberg que certamente serviu de inspiração ao Cena vs. Miz do ano passado (no que concerne às pseudo-vitórias), ver que quando este ano ele se queixou de ser uma vítima de conspiração por não poder entrar na Raw, isso não foi algo novo para ele, reparar como que a primeira “feud” que teve na WWF foi com uma mulher (Chyna) e quem o levou para a ribalta nessa companhia foi outra (Stephanie McMahon), ver interacções fantásticas com a própria filha de VKM, The Rock e Austin, recordar excelentes momentos e “feuds” que teve até aos dias de hoje.
O segundo e terceiro CD é apenas destinado a combates, são 19 ao todo, e não me interessei por eles. Aconselho o visionamento!