segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

WWE | TLC: Tables, Ladders and Chairs 2010



Data: 19 de Dezembro de 2010
Arena: Toyota Center
Cidade: Houston, Texas



WWE Intercontinental Championship - Dolph Ziggler (c) vs. Kofi Kingston vs. Jack Swagger (Ladder Match)
Bom combate de abertura, apesar de curto, compreende-se isso porque é preciso não cansar os espectadores. Acho que os três homens estiveram muito bem em termos de “selling” e não houve assim nenhum “botch” que saltasse à vista. O final faz prever a continuação de uma série de combates entre os três, mas como o final do combate entre Ziggler e Kaval no Survivor Series também fazia prever o mesmo, já não digo nada.
Vencedor: Dolph Ziggler


LayCool (Layla e Michelle McCool) vs. Natalya e Beth Phoenix (Tables Match)
Combate algo extenso mas com “spots” interessantes, e que se tivesse que ser feito por quatro mulheres na WWE, teria que ser por estas. Basicamente ambas as equipas procuravam isolar apenas uma adversária para isso lhes facilitar a vida, portanto, a história foi bem contada, e está-se a construir uma amizade entre Beth Phoenix e Natalya para mais tarde ser quebrada e a “feud” que ambas terão a culminar na Wrestlemania terá mais impacto.
Vencedoras: Natalya e Beth Phoenix


WWE Tag Team Championship - Santino Marella e Vladimir Kozlov (c) vs. Nexus (Justin Gabriel e Heath Slater)
Combate inicialmente muito dominado pelos campeões, depois equilibrado pelos pretendentes por interferência de Husky Harris, mas diga-se de passagem que não foi um combate nada de especial e com um final que só serviu para dar “hype” ao combate entre Wade Barrett e John Cena.
Vencedores: Santino Marella e Vladimir Kozlov (DQ)


Sheamus vs. John Morrison (Ladder Match)
Muito mas muito bom combate, e embora fosse um “Ladder Match”, não teve muitos “spots” (apenas lá para o final de forma a deixar finalmente alguém KO) e foi muito técnico (digamos assim). Sheamus sabia que Morrison é muito atlético e que do nada poderia arranjar forma de subir rapidamente a um escadote, portanto optou por lesionar-lhe o joelho esquerdo e trabalhar nele durante todo o combate, e o facto do “Shaman of Sexy” nunca desistir e conseguir arranjar maneira de dar a volta fá-lo ficar numa situação muito “over” sobretudo agora que é candidato ao Titulo da WWE.
Vencedor: John Morrison


WWE Championship - The Miz (c) vs. Randy Orton (Tables Match)
Todo este combate foi muito bem trabalhado, embora por vezes a estipulação obrigue a que haja períodos menos divertidos. Se isto não ajuda The Miz a credibilizar-se? Isto ajuda a colocá-lo muito “over”, a tornar-se um dos lutadores mais odiados em toda a WWE e a fazer com que se vejam mais crianças na arena com aquelas “priceless reactions”. Se ele é visto como um campeão vulnerável? É, mas isso é bom, assim o público vai pensar a todo o momento que o seu reinado termina e isso é sinónimo de audiências e vendas de PPV’s.
Vencedor: The Miz


World Heavyweight Championship - Kane (c) vs. Edge vs. Rey Mysterio vs. Alberto Del Rio (Tables, Ladders and Chairs Match)
Mas que combate! Os Motor City Machine Guns e os Generation Me que ponham os olhos nisto! Os homens souberam ter um combate bastante divertido, fazer com tudo fosse feito com sentido e ter o “selling” necessário. Fiquei feliz pela adição dos mexicanos ao combate, fez toda a diferença, foi dos melhores TLC’s que eu já vi, com o homem mais experiente nestes ambientes a levar a melhor.
Vencedor: Edge (novo campeão)


John Cena vs. Wade Barrett (Chairs match)
Esperava ver um Cena a revelar mais ódio logo de inicio, mas isso explica-se pelo facto de querer estar focado para conseguir vantagem, revelando todo o rancor e ódio lá mais para a frente. Não sei até que ponto este combate não deveria dar o lugar do “main-event” ao TLC…
Vencedor: John Cena

Sem comentários:

Enviar um comentário