domingo, 26 de abril de 2009

Liga Sagres | Sporting 2-1 E. Amadora



Ontem à noite no Estádio José Alvalade o Sporting somou a sua sexta vitória consecutiva depois de vencer o Estrela da Amadora por 2-1.
Paulo Bento tinha prometido uma vitória aos adeptos, e mesmo sem João Moutinho e Derlei no onze inicial os leões entraram com confiança e determinação no encontro perante um Estrela que jogava a um ritmo muito lento e aos 19 minutos foi mesmo o substituto do ninja no onze leonino, Hélder Postiga, que abriu o marcador com um golo de cabeça a responder da melhor maneira a um grande cruzamento de Liedson.
No que restou da primeira parte o Sporting controlava e dominava o jogo, não criava muitas situações de golo iminente mas sempre que criava eram muito perigosas, com destaque para dois remates perigosos de Liedson.
Quando já se jogava o tempo de descontos do primeiro tempo eis que vindo do nada, praticamente no primeiro remate do Estrela à baliza verde-branca, Marcelo Goianira de muito longe aponta um grande golo.
Na segunda parte o Sporting voltou a entrar forte e aos 55 minutos Pedro Silva cruza a bola para dentro da área onde aparece Liedson, aquele que para mim é o melhor jogador a actuar em Portugal, que empurra a bola de cabeça para o fundo das redes de Filipe Mendes.
O Sporting teve várias oportunidades mas não conseguia marcar, mas mesmo assim ía fazendo um jogo tranquilo apesar do resultado minimo, só nos últimos minutos a equipa da Reboleira teve grandes oportunidades para igualar a partida, sendo a mais perigosa uma de Vidigal de calcanhar no último minuto.
A arbitragem de Vasco Santos foi positiva, exceptuando alguns lances de polémica reduzida no final da partida.

sábado, 18 de abril de 2009

Liga Sagres | Vit. Guimarães 1-2 Sporting



Naquele que para muitos era o jogo mais complicado para os leões até o final do campeonato, o Sporting conseguiu ir a Guimarães arrancar a ferros uma vitória frente aos vimaranenses por 2-1.
Na primeira parte, a equipa leonina dominou o encontro e enviou mesmo duas bolas ao poste, uma por Derlei e outra por Miguel Veloso e ainda viu um golo seu ser anulado por "pé em riste" de Daniel Carriço, uma decisão aceitável mas algo controversa. Nesse mesmo primeiro tempo o Vitória ainda assustou mas não passou disso.
Aos 56 minutos, o jogo de contra-ataque sempre lançado para uma conclusão de Roberto viria a resultar num golo deste com a cabeça.
Depois seguiu-se a expulsão de Paulo Bento do banco de suplentes e curiosamente, foi sem o seu treinador no banco que a equipa formalizou a reviravolta, primeiro com um golo de Derlei de cabeça aos 81 minutos a corresponder bem a um cruzamento de Ronny e depois com um golo de Liedson, aos 88 minutos, isolado frente a Nilson a não perdoar.
No "flash-interview" Paulo Bento fez duras criticas ao árbitro Bruno Paixão, chegando mesmo a dizer "Se ele tivesse passado por Alcochete antes de vir para aqui tinha mostrado cartão amarelo ao Grimi e ao Rochemback que é para não jogarem o próximo jogo".
Mais uma vez, Paulo Bento não perdoou nas criticas!