domingo, 28 de outubro de 2007

III Divisão | GD Fabril 2-2 Imortal

Bem, como eu já tinha dito, fui ver o Fabril e o Fabril empatou 2-2 em casa com o Imortal num jogo no minimo estranho!

Um jogo muito pobre na primeira parte iria acabar 0-0, muito se estranhou da estrela da equipa do Fabril (Bruno Cruz) não jogar e estarem a jogar alguns jogadores em baixo de forma como David Martins ou Constantino.
Na 2ª parte os adeptos bem pediam para que Bruno Cruz entrasse e este foi para exercicios de aquecimento, a meio do 2º periodo num livre a meio do meio-campo do Fabril, um defesa do Fabril mete a bola para o guarda-redes Descalço, este perde-a e um jogador do Imortal aproveita para marcar.
O Fabril foi para a frente, tentar marcar um golo, mas foi o Imortal que criou perigo ao mandar uma bola ao poste.
Na jogada seguinte e num lance confuso o Fabril lá marca o golo, estava previsto haver duas entradas no Fabril, a de Nascimento e a de Bruno Cruz, mas o treinador resolveu só meter Nascimento.
Os adeptos protestaram com o treinador e estavam a dizer para tirar David Martins que não estava a jogar nada e pôr Bruno Cruz, muitos adeptos gritavam "Tira o David!", "Mete o múdo!", "Este treinador é um treinador de gaiola!".
David Martins enervou-se com esta situação e agrediu um adversário sendo expulso, depois os adeptos ainda se exaltaram mais: "Já viste a merda que arranjaste?!" e "Devias-o ter tirado!"
Depois, uma situação curiosa, um dirigente do Imortal veio dar ao fiscal-de-linha ao que parece um papel e os adeptos do Fabril gritavam "É o cheque!", "Isto aqui é o apito dourado!" e "Já tem o quarto de hotel nº 8 marcado lá na Moita".
Bem, o treinador do Fabril, Jorge Amaral lá meteu Bruno Cruz e o jogo do Fabril melhorou e muito!
Depois uma situação muito cómica, um dirigente do Fabril pega no placar electrónico e resolve dar 5 minutos de desconto só para poupar tempo e trabalho ao fiscal-de-linha.
Contra a corrente do jogo aos '90 o Imortal numa jogada confusa e atribulada faz o 2-1 e os jogadores do Imortal festejavam como fosse o golo da vitória, os do Fabril estavam no chão desolados e os adeptos já estavam a abandonar os seus lugares para se irem embora!
O fiscal-de-linha cumpriu as regras e como tem que ser ele a dar o desconto e não um dirigente, pegou ele no placar e deu 4 minutos de desconto, ou seja, o dirigente estava a fazer aldrabice!
Mas como no futebol não se pode desistir, os jogadores do Fabril por iniciativa própria montaram uma estratégia, recomeçaram o jogo, Nascimento foi a correr pela direita até à àrea, houve um passe em profundidade para ele e marcou o golo! 15 segundos após recomeçarem o jogo a meio-campo! É o mérito de acreditar!
Os adeptos estavam entusiasmados, batiam palmas, uns apitavam nas suas gaitas e num conjunto de jogadas junto à àrea do Imortal, o Fabril quase que marcava!
O jogo acabou, a obrigação era ganhar mas com um final de jogo destes o melhor é ficar feliz com o empate!

Noutros jogos em que me interessavam os resultados:

- Beira Mar Monte Gordo 1-1 Aljustrelense

- Lusitano de Évora 1-1 Barreirense